LOTECA 894 – FUTEBOL X CORONAVÍRUS

Rivalo Apostas Esportivas
Compartilhe isso:
Loteca 894 - Futebol x Coronavírus - Tudo sobre os efeitos negativos causados pelo Coronavírus no futebol brasileiro e mundial, participe nos comentários!

Loteca 894 – Futebol x Coronavírus – Enquanto não temos notícias do futebol jogado dentro dos campos, vamos tentar acompanhar a situação da pandemia do COVID-19 e os efeitos negativos causados por ela no futebol brasileiro e mundial.

Alguns dirigentes de clubes aqui no Brasil, no mínimo insensatos, sinalizaram inicialmente em continuar os campeonatos de seus estados com portões fechados para os torcedores, ignorando os riscos para os atletas e pessoas envolvidas em eventos desse porte. Depois da pressão popular e dos atletas profissionais do futebol até mesmo de outras modalidades esportivas, um pouco tardiamente, ou não, prevaleceu o encerramento por tempo indeterminado das atividades esportivas em nosso País.

Loteca 894 - Futebol x Coronavírus - Tudo sobre os efeitos negativos causados pelo Coronavírus no futebol brasileiro e mundial, participe nos comentários!

Agora, uma grande interrogação se impõe sobre o futuro do futebol brasileiro e mundial: Quanto tempo o futebol vai ficar parado? Poderemos ter temporadas sem terminar? E quando voltar, os calendários no Brasil e no mundo serão readequados? Como sobreviverão os pequenos clubes brasileiros que vivem basicamente das parcas “receitas” oriundas das arquibancadas em seus jogos? Será necessário esquecermos o futebol em 2020 e começarmos do zero no próximo ano?…São perguntas que só o futuro nos trará as respostas!

Quanto a nós, meros mortais, só nos resta seguirmos à risca as orientações de prevenções e higienes dos profissionais de saúde para nos mantermos saudáveis e aos nossos amigos e familiares. Evitar sair desnecessariamente de casa, escapando assim de contatos com pessoas que possam estar infectadas com o Coronavírus. Orar muito à Deus para que nos ajude a vencer esses tempos difíceis que estamos vivendo.

Enquanto isso, vamos nos manter “conectados” aqui no Arena do Aposte na Zebra, utlizando o espaço dos comentários abaixo, com resumos de notícias relacionadas com os efeitos do Coronavírus no futebol brasileiro e mundial, participe, deixe seus comentários!

Loteca 894 – Futebol x Coronavírus

Jogo Responsável – Jogue por entretenimento e não como meio de vida. Acima de tudo, o jogo é baseado em chances e não existe fórmula mágica para garantir ganhos. Entretanto, lembre-se que o risco de você perder dinheiro é maior do que o de ganhar. Além disso, nunca aposte dinheiro que você precisa para sua manutenção e/ou para cumprir as obrigações financeiras que você e sua família têm. Portanto, jogue com moderação mermão. Em suma, não é permitido a nenhum menor de 18 anos apostar nas casas lotéricas. Assim como, se cadastrar ou apostar nas operadoras de apostas esportivas online disponíveis aqui no site. Então, por favor não insista!

Importante Esclarecer – Acima de tudo, esta é uma página de caráter meramente informativo. Portanto, não fazemos apostas ou bolões de espécie alguma. Assim como, também não divulgamos grupos de WhatsApp ou bolões de terceiros de nenhuma das loterias da Caixa.

Rivalo Apostas Esportivas

122 Comentários

  • Sobre o Coronavírus:

    Os coronavírus (CoV) são uma grande família de vírus que causam doenças que variam do resfriado comum a doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV).

    A doença de coronavírus (COVID-19) é uma nova cepa que foi descoberta em 2019 e não foi identificada anteriormente em seres humanos.

    Os coronavírus são zoonóticos, o que significa que são transmitidos entre animais e pessoas. Investigações detalhadas descobriram que o SARS-CoV foi transmitido de gatos da cidade para humanos e o MERS-CoV de camelos dromedários para humanos. Vários coronavírus conhecidos estão circulando em animais que ainda não infectaram humanos.

    Sinais comuns de infecção incluem sintomas respiratórios, febre, tosse, falta de ar e dificuldades respiratórias. Em casos mais graves, a infecção pode causar pneumonia, síndrome respiratória aguda grave, insuficiência renal e até morte.

    As recomendações padrão para impedir a propagação da infecção incluem lavagem regular das mãos, cobertura de boca e nariz ao tossir e espirrar, cozinhar bem a carne e os ovos. Evite contato próximo com qualquer pessoa que apresente sintomas de doenças respiratórias, como tosse e espirros.

    Fonte: Site da OMS

  • 19/03/2020 06h00
    Pandemia de coronavírus provoca reflexão sobre o gigantismo e a ganância no futebol e no esporte – Uma reflexão sobre o universo esportivo e como ele impacta na sociedade.

    Situações extremas provocam profundas reflexões. A pandemia do novo coronavírus apresenta excelente oportunidade para refletir sobre o universo esportivo. O esporte competitivo de alto nível faz parte da indústria do entretenimento, com investimentos, lucros – e custos – bilionários.

    Eventos esportivos transmitidos ao vivo são as maiores audiências de TV no mundo. Porém, ganância e gigantismo ameaçam criar uma bolha que, se estourar, provocará danos irreversíveis.

    É hora de questionar se não estão empurrando o esporte ao seu limite por querer aumentar o tamanho das fatias sem pensar nos ingredientes e no sabor do bolo?

    Há movimentos críticos ao gigantismo de Olimpíadas e Copa do Mundo, os dois maiores eventos esportivos do planeta. Organizá-los custa cada vez mais caro, com exigências absurdas e uma gigantesca teia de corrupção que podem contribuir para o colapso econômico de um País, como ocorreu com a Grécia em 2004.

    O Mundial de Futebol e os Jogos Olímpicos nos legam memórias eternas, mas deixam um rastro bilionário de gastos cujo retorno é bastante questionável. Ao ponto de algumas cidades e países não quererem mais organizá-los.

    O futebol vive há tempos uma guerra política de bastidores que opõe interesses de clubes aos de seleções. Clubes alimentam e sustentam o dia a dia do futebol. Investem para contratar e revelar jogadores, montar bons times e não gostam quando são obrigados a cedê-los para seleções nacionais por longos períodos.

    Houve um tempo em que as seleções eram obrigatórias na valorização do jogador. Hoje nem tanto, Messi e Cristiano Ronaldo seriam Messi e Cristiano Ronaldo mesmo se jamais tivessem atuado pelas seleções de seus países. A Fifa, historicamente, nunca deu muita bola para o futebol de clubes. Até que encontrou uma rival política de peso na Uefa, que fez da antiga Copa dos Campeões da Europa o sucesso planetário chamado Champions League e transformou a Euro num torneio que rivaliza com a Copa do Mundo.

    A Uefa quer que seus afiliados joguem cada vez mais entre eles e para isso criou a Liga das Nações. Até hoje a Fifa bate cabeça tentando criar uma competição de clubes que seja tão atraente para lucrar com os maiores craques em campo sob sua bandeira. Ainda não conseguiu. A resposta é inchar a Copa do Mundo, a partir das Eliminatórias (que já são a Copa), para encurtar os calendários sobre os quais ela não tem receita.

    Fonte: Site GE

  • 19/03/2020 04h00
    Casas cheias e treinos: isolados, atletas da seleção encaram o coronavírus:

    A pandemia do novo coronavírus causou o cancelamento das principais competições de futebol do mundo. A seleção brasileira já estava convocada para o início das eliminatórias no dia 27 de março, mas o torneio acabou suspenso. Sem datas em vista também pelos clubes que atuam, os atletas brasileiros agora convivem com isolamento e estratégias para combater o alastramento da doença.

    A maioria dos jogadores regularmente convocados por Tite atua na Europa, que vive o auge da pandemia. Apesar disso, nem todos têm buscado retornar ao Brasil, como já fizeram Neymar e Thiago Silva. Pessoas próximas a vários atletas relataram ao UOL Esporte um sentimento geral de receio quanto ao impacto que o coronavírus terá no território brasileiro. O caminho escolhido, em geral, é o do confinamento em casa e proximidade com as famílias.

    Fonte: Site UOL

  • 19/03/2020 20h31
    Conmebol vai pedir o adiamento do início das eliminatórias sul-americanas para setembro – Em conselho da confederação, dirigentes da entidade decidiram por unanimidade fazer este pedido à Fifa:

    A cúpula da Conmebol se reuniu nesta quinta de uma forma diferente. Ao invés de ser um encontro presencial em Assunção, a reunião foi feita por videoconferência. Nela, ficou decidido que a entidade vai solicitar à Fifa o adiamento do início das eliminatórias para o mês de setembro de 2020.

    As eliminatórias estavam previstas para começar em março. Tite chegou a convocar a seleção brasileira para as duas primeiras rodadas, que seriam contra Bolívia e Peru. No entanto, os jogos foram adiados por causa da pandemia de coronavírus.

    Em setembro, estavam inicialmente previstas a terceira e a quarta rodadas das eliminatórias. Nestas partidas, o Brasil recebe a Venezuela e visita o Uruguai. Ainda não há uma definição sobre esses jogos, mas possivelmente eles serão realocados para outra data.

    No comunicado, a entidade afirmou que essas medidas servem para tomar as precauções contra a evolução mundial e local do coronavírus e estão de acordo com indicações de autoridades internacionais de saúde pública.

    Fonte: Site GE

  • 19/03/2020 04h00
    Mexicano já foi banido por tossir em rival durante tensão por pandemia:

    Se hoje a pandemia do coronavírus preocupa o mundo inteiro, há 11 anos era a gripe suína — em menor escala — que tomava conta dos noticiários, inclusive no futebol. Em 2009, o zagueiro mexicano Héctor Reynoso, do Chivas Guadalajara (México), acabou banido da Copa Libertadores por ter cuspido, tossido e assoado o nariz em direção a um jogador do Everton (Chile).

    O episódio aconteceu poucos minutos antes fim da partida da primeira fase que terminou empatada por 1 a 1, na cidade chilena de Viña del Mar. Héctor Reynoso saiu em defesa do goleiro de sua equipe, que tinha sido agredido momentos antes, e simulou estar com a doença para intimidar o argentino Sebastian Penco.

    Os gestos acabaram sendo flagrados pela televisão. Na época, a epidemia de gripe A, originada exatamente no México, ainda estava no início, mas já havia matado várias pessoas no país da América Central.

    Diante da repercussão do caso, a Conmebol resolveu punir o jogador, que também recebeu uma suspensão do próprio Chivas Guadalajara. Atualmente com 39 anos, Reynoso já está aposentado.

    Na época, em declarações à imprensa local, o zagueiro disse ter se arrependido e pediu desculpas ao oponente, mas se defendeu: “Durante o jogo nos chamaram de leprosos, e ele [Penco] falou que eu estava doente e infectado”.

    Vale lembrar que, naquele ano, Chivas e San Luis desistiram de disputar as oitavas de final por conta da doença.

    “Já avisamos a Conmebol que não vamos participar. Não aceitamos disputar apenas uma partida e não aceitamos mudar o local do jogo. A única coisa que aceitamos é seguir as regras. Com certeza a Conmebol manterá as portas abertas para nós”, comunicou o então presidente da Federação Mexicana de Futebol, Justino Compeán.

    Com a desistência dos mexicanos, São Paulo e Nacional se classificaram diretamente para as quartas de final do torneio sul-americano. O campeão daquela edição da Libertadores foi o Estudiantes de La Plata, da Argentina.

    Fonte: Site UOL

  • 19/03/2020 15h40
    Fazendão será usado para receber pacientes com coronavírus – Informação é confirmada pelo Governo do Estado da Bahia:

    Sem uso desde a mudança do Bahia para a Cidade Tricolor, o Fazendão será utilizado pelo Governo do Estado da Bahia para abrigar pacientes com coronavírus em tratamentos com baixa complexidade.

    A informação foi confirmada pelo governador Rui Costa, através das redes sociais, nesta quinta-feira (19), após a Secretaria de Saúde do Estado ter aprovado as instalações internas do centro de treinamento.

    O Fazendão tem 125.000 m2 e 3 pavilhões com salas e 28 quartos.

    “Vamos transferir para as instalações do Fazendão pacientes com #COVID19 que não precisam de tratamentos complexos. A equipe técnica da @saudegovba fez uma inspeção hoje e aprovou o local”, escreveu Rui Costa.

    “Agradeço ao presidente Guilherme Bellintani pelo seu gesto de solidariedade. Baianos e baianas unidos na guerra contra o coronavírus, completou.

    O Bahia colocou o Fazendão à venda em dezembro e tem duas empresas interessadas na aquisição do CT, avaliado em R$ 24 milhões. Os sócios do clube vão votar para decidir sobre a venda do imóvel em uma assembleia geral – que terá uma nova data marcada.

    Fonte: Site EcBahia

  • 19/03/2020 05h01
    Paralisação por coronavírus gera brecha para redução, mas Flamengo não vai alterar salários de jogadores – Artigo da CLT possibilita diminuição de até 25% nos vencimentos, mas Rubro-Negro não fará mudanças nos contratos do elenco:

    A paralisação do futebol no Brasil devido à pandemia de coronavírus gerou cenários antes impensáveis na relação entre clubes e jogadores. Para se antecipar a qualquer incerteza, o Flamengo definiu que não vai fazer alterações nos contratos e salários de seus atletas, apesar da suspensão das atividades.

    A decisão do Flamengo vem antes de uma possível discussão sobre salários. Uma redução nos vencimentos, por exemplo, tem respaldo nas leis trabalhistas do Brasil. No artigo 503 da CLT, por exemplo, há a previsão de que o empregador possa reduzir em até 25% os salários de seus empregados “em caso de força maior ou prejuízos devidamente comprovados”.

    Outra discussão que deve envolver outros clubes diz respeito aos direitos de imagem. Muitas vezes este valor é tratado como salário – inclusive em processos na Justiça do Trabalho – o que poderia eximir o empregador de pagar esta quantia da remuneração mensal. Mais uma vez, o Flamengo irá manter os acordos com os jogadores.

    Fonte: Site GE

  • 19/03/2020 20h29
    Clubes brasileiros disponibilizam instalações para o combate ao coronavírus – Ideia é que estádios e centros de treinamento possam abrigar pacientes em tratamento, para não sobrecarregar hospitais e clínicas em caso de avanço da doença no país:

    Diversos clubes brasileiros colocaram instalações à disposição de autoridades estaduais e municipais para ajudar no combate ao novo coronavírus. A ideia é que estádios e centros de treinamento possam, por exemplo, abrigar pacientes em tratamento, para não sobrecarregar hospitais e clínicas em caso de avanço da doença Covid-19 no país. Confira clubes que já tomaram esta iniciativa:

    Bahia – O Bahia disponibilizou o CT Fazendão ao governo do estado. O local, inclusive, foi inspecionado e aprovado pela Secretaria de Saúde do estado.

    Athletico-PR – O Athletico colocou à disposição das autoridades de saúde do Estado do Paraná e do Município de Curitiba a Arena da Baixada e o CAT Alfredo Gottardi.

    Botafogo – O Botafogo, por sua vez, ofereceu a estrutura do Estádio Nilton Santos.

    Corinthians – O Corinthians disponibilizou a sede social do Parque São Jorge e o CT Joaquim Grava à disposição das autoridades.

    Cruzeiro – O Cruzeiro disponibilizou seus dois clubes sociais, a Sede Campestre e o parque esportivo do Barro Preto, aos órgãos públicos.

    Juventude – O Juventude disponibilizou seu ginásio coberto à Prefeitura de Caxias do Sul.

    Santos – O Santos colocou toda sua estrutura à disposição da secretaria de saúde do município.

    São Paulo – O São Paulo colocou à disposição do governo do Estado toda sua estrutura, inclusive o Morumbi.

    Fonte: Site GE

  • Ed, nao consegui ler tudo…muita informação sobre esse covid que ja nao aguento mais….

    • Não tenha pressa Flori, vá lendo aos poucos durante o seu retiro social por conta do Coronavírus. Ler é fundamental. Leitura e conhecimento andam juntos. Ela amplia os horizontes. Faz enxergar mais longe. Aumenta a percepção e as potencialidades.

      Aproveite e pesquise na internet matérias relacionadas com o nosso tema da postagem (Futebol x Coronavírus), e divulgue aqui também, não precisa ser a matéria inteira, pegue o texto e delete as linhas que você achar não ser relevantes.

      Fica aqui o convite para você e os demais amigos seguidores do AAZ.

      “A leitura engrandece a alma” – Voltaire (Pensador).

  • 19/03/2020 17h11
    Federação Paraibana revela que a CBF cogita mudar a fórmula do Brasileiro: “Escutei do presidente:”

    Presidente da FPF, Michelle Ramalho participou de reunião com Rogério Caboclo sobre a situação do calendário em meio à pandemia do Covid-19. Prioridade inicial é para o término dos estaduais.

    O Campeonato Brasileiro das séries A, B, C e D pode ter uma nova fórmula de disputa, dependendo do desenrolar da pandemia do coronavírus pelo país. A revelação foi feita nesta quinta-feira (19) pela presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, que participou de reunião com o comandante da CBF, Rogério Caboclo, e dirigentes de outras federações, no começo da semana.

    – Rogério Caboclo poderá convocar um novo arbitral e poderá mudar o formato, caso essa onda do vírus venha a se alargar. Com certeza alguém vai ter que espremer seu campeonato. E antes eles (o Brasileirão) do que os estaduais. Desde já o presidente está de parabéns. Muitos achavam que era intenção da CBF espremer os estaduais ou até mesmo, como temos visto pela imprensa, as fake news afirmando que iria se repetir o resultado do ano passado. Eu já nego essa afirmação. Escutei da boca do presidente.

    Michelle Ramalho garante que a intenção da CBF é fazer as competições nacionais com fórmulas mais enxutas para dar a oportunidade de terminar os campeonatos estaduais se a pandemia do novo coronavírus persistir no Brasil.

    – Pode ter certeza que ainda vamos ter futebol neste ano. Vamos terminar os estaduais, independentemente de qualquer coisa. Agora o tempo vai depender realmente da situação do Brasil diante desse vírus.

    Fonte: Site GE

  • 19/03/2020 04h00
    Calendário brasileiro corre o risco de acabar perto do Natal:

    A paralisação dos principais campeonatos estaduais do Brasil e de todas as competições sob o comando da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode gerar algumas mudanças no calendário do futebol do país. Existe a possibilidade de a bola parar somente nas semanas próximas ao Natal, já em meados de dezembro.

    O calendário divulgado pela CBF em outubro do ano passado prevê uma temporada com quase 11 meses de duração, de 22 de janeiro a 6 de dezembro. Depois da suspensão dos campeonatos devido à pandemia do novo coronavírus, restam pouco mais de oito meses para o término das atividades (ou 38 semanas).

    Confira agora alguns cenários do calendário brasileiro:

    1) Paralisação de um mês, com reinício em 15 de abril Nesse caso, oito datas teriam de ser repostas. Seria possível, nesse caso, usar todas as reservas destinadas às partidas da seleção brasileira nas Eliminatórias. Os Estaduais e o Brasileirão teriam todas as suas rodadas preservadas, assim como a Copa do Brasil e a Libertadores.

    2) Paralisação de dois meses, com reinício em 13 de maio O cenário prevê o surgimento de 16 novas datas que foram perdidas. A saída seria utilizar as oito reservas destinadas às partidas da seleção brasileira nas Eliminatórias e as duas para os amistosos da Fifa, além da data vaga. Faltariam ainda.

    3) Paralisação acima de três meses A CBF e as federações estaduais teriam de fazer mudanças profundas no calendário, com o encurtamento das competições.

    Fonte: Site UOL

  • 19/03/2020 13h58
    Atacante do Real Madrid, Jovic fura quarentena e pode ser processado pelo governo sérvio – “Se ele violar a quarentena novamente, ele enfrenta medidas mais duras e possivelmente detenção”, diz agência de notícias estatal sérvia:

    O governo sérvio deve apresentar queixa contra o atacante do Real Madrid Luka Jovic após ele quebrar sua quarentena obrigatória de 28 dias por coronavírus. A informação é da agência de notícias estatal Tanjug.

    “Jovic violou o auto-isolamento quando deixou seu apartamento no subúrbio de Vracar, em Belgrado, e sua desculpa foi que ele foi a uma farmácia comprar medicamentos. Se ele violar a quarentena novamente, ele enfrenta medidas mais duras e possivelmente detenção”, escreveu a agência do governo sérvio.

    A mídia sérvia informou que o atacante internacional voltou da Sérvia para Madri no início desta semana para visitar sua namorada depois que as partidas de futebol na Espanha foram suspensas.

    O jogador de 22 anos negou os rumores de que ele havia também quebrado a quarentena do Real Madrid para viajar para a Sérvia em um comunicado publicado pelo site B92, de Belgrado.

    – Na quinta-feira passada, o chefe da equipe médica do Real Madrid deu permissão a @LukaJovic para viajar para a Sérvia (sob prescrição médica pessoal) e para quarentena em sua própria casa – diz o comunicado.

    O Real Madrid não se pronunciou sobre o caso.

    Fonte: Site GE

  • 20/03/2020 04h03
    Olimpíada de Tóquio pode ser cancelada mesmo contra vontade do COI:

    A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio está marcada para o dia 24 de julho deste ano. São esperados aproximadamente 16 mil atletas olímpicos e paralímpicos no país asiático. Além disso, torcedores, voluntários, jornalistas vão a Tóquio para a Olimpíada. Mas com o mundo atravessando uma crise sanitária, humanitária e econômica por conta do coronavírus, o tempo pressiona os organizadores dos Jogos. Se o governo do Japão quiser cancelar a edição deste ano das Olimpíadas, terá de angariar apoio político para fazer valer a vontade do país frente aos contratos firmados entre COI, Comitê Organizador Local, patrocinadores, detentores de direitos de transmissão, entre outros.

    Enquanto isso, cresce na comunidade esportiva uma insatisfação pela falta de celeridade do COI em tomar uma decisão. O medalhista olímpico e integrante do Comitê da Olimpíada de Tóquio, o ex-judoca Kaori Yamaguchi diz que vai pedir o adiamento da competição na próxima reunião, marcada para o dia 27 de março.

    Na última quarta-feira (18), o COI organizou uma reunião via conferência com mais de 200 atletas e representantes de atletas para falar sobre os Jogos, mas não agradou. “A mensagem não era ‘Proteja-se e proteja sua comunidade’, foi ‘encontre uma maneira de treinar’. Independentemente de suas intenções, sua primeira prioridade não é o aspecto de saúde pública”.

    Fonte: Site UOL

  • 20/03/2020 07h15
    Chama olímpica chega ao Japão em meio a dúvidas sobre realização do evento:

    A chama olímpica chegou ao Japão nesta sexta-feira em meio a uma recepção discreta, que foi drasticamente reduzida devido à pandemia que levantou questões sobre se os Jogos de Tóquio-2020 poderão afinal ser realizados conforme programado.

    A chama aterrissou na Base Aérea de Matsushima, na província japonesa de Miyagi, escolhida como parte dos “Jogos Olímpicos de Recuperação” para mostrar o renascimento da região após o terremoto, tsunami e acidente nuclear de 2011.

    Os ex-atletas japoneses Saori Yoshida e Tadahiro Nomura receberam a chama e a conduziram através de uma guarda de honra a um caldeirão em forma de flor de cerejeira em um palco diante de convidados selecionados.

    No entanto, cerca de 200 crianças de escolas locais, que iriam acolher a chama, foram mantidas afastadas, como parte do que os organizadores chamaram de decisão “dolorosa” de reduzir os eventos enquanto o mundo luta contra a pandemia do Covid-19.

    Fonte: Site Uol

  • 20/03/2020 08h13
    Coronavírus: cresce pressão de atletas para o adiamento das Olimpíadas – Desportistas e dirigentes dizem que não existem mais condições de os Jogos serem realizados e confrontam o Comitê Olímpico Internacional:

    Atletas, dirigentes e profissionais do mundo esportivo começaram nesta quinta-feira a pressionar o Comitê Olímpico Internacional (COI) para que as Olimpíadas de Tóquio sejam adiadas ou canceladas. O movimento aconteceu um dia após o presidente da entidade, o alamão Thomas Bach, se reunir por videoconferência com 220 atletas e explicar que, mesmo diante da pandemia de coronavírus, ainda faltam quatro meses para o início das competições.

    A decisão de manter os Jogos Olímpicos programados para ocorrerem entre 24 de julho a 9 de agosto irritou atletas e dirigentes esportivos. A primeira manifestação contrária aconteceu ainda na quarta-feira, logo após da reunião com os atletas, quando a integrante da Comissão de Atletas do COI, a canadense Hayley Wickenheiser, tetracampeã olímpica de hóquei no gelo, classificou como irresponsável a decisão de não adiar as Olimpíadas de Tóquio, diante do avanço do coronavírus no mundo.

    A posição de Wickenheiser foi ratificada pela atual campeã olímpica do salto com vara, Katerina Stefanidi, que em seu perfil nas redes sociais contestou a manutenção dos Jogos. A atleta grega disse não ser mais possível esperar por quatro meses para uma decisão.

    Fonte: Site GE

  • 20/03/2020 15h03
    Presidente do Internacional testa positivo para
    coronavírus – O Internacional informou hoje que o presidente do clube, Marcelo Medeiros, testou positivo para o novo coronavírus:

    “Apesar de não apresentar mais sintomas da doença, [ele] deve permanecer um total de 14 dias em isolamento e repouso, seguindo o protocolo indicado pelos órgãos de saúde. O Clube segue com todas medidas preventivas já adotadas com os demais membros da direção, departamento de futebol, atletas e funcionários, que continuam sem sintomas de manifestação do Covid-19“, diz a nota divulgada pelo clube.

    O dirigente apresentou os sintomas da doença no início da semana e, segunda-feira, realizou exame no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre. O primeiro resultado – preliminar – foi negativo e ele aguardava o resultado da contraprova.

    Medeiros tem 59 anos e seguirá o tratamento em casa, isolado do contato de outras pessoas.

    Fonte: Site UOL

  • 20/03/2020 16h03
    Liga da Itália estuda reduzir salários e presidente da associação de jogadores rebate: “Não é hora”:

    Proposta da Serie A visa a manter a estabilidade financeira dos clubes, que podem perder até €1 bilhão com a paralisação dos cameponatos por causa do coronavírus.

    País com o maior número de mortos pelo coronavírus, a Itália vive uma crise que impacta vários setores do país, inclusive o futebol. Com o medo dessa situação gerar um rombo financeiro nos clubes, a liga do país estuda reduzir os salários de atletas.

    O presidente da associação de jogadores, Damiano Tommasi, não rechaçou completamente a ideia, mas afirmou em entrevista à “La Gazzetta dello Sport” que não é o momento de pensar nessa medida.

    Por outro lado, o presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), Gabriele Gavina, citou o momento de emergência vivido pelo país para justificar a proposta.

    – Não pode ser um tabu falar em reduzir os salários. Devemos entender o cenário emergencial que nos afeta e nosso mundo deve ser capaz de mudar também. Fazem falta os gestos responsáveis.

    Fonte: Site GE

  • 20/03/2020 16:57
    Olympique de Marselha adota o ‘desemprego parcial’ para poupar em salários:

    Segundo informações do jornal L’Equpe e confirmadas por fontes próximas, todos os funcionários do Olympique de Marselha da primeira divisão francesa, incluindo os jogadores, vão passar para o “desemprego parcial”, o equivalente a um expediente de regulamentação de emprego temporal para economizar parte dos salários.

    Nesta sexta-feira (20), uma reunião remota foi realizada para detalhar as medidas. Os jogadores já foram informados sobre a decisão. Dessa forma, os funcionários receberão 84% de seus salários, conforme estipulado na legislação trabalhista.

    Durante o confinamento, os jogadores da equipe principal comandados pelo português André Villas-Boas, têm um programa de treinamento personalizado para manter um certo nível de condicionamento físico.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 20/03/2020 18:02
    Música adotada pelo Liverpool vira mensagem de solidariedade pelo mundo:

    A mítica canção ‘You’ll never walk alone’, um dos hinos mais conhecidos do futebol, ressoou nesta sexta-feira em estações de rádio em trinta países da Europa, como uma mensagem de solidariedade em meio à crise do coronavírus.

    A música que em português pode ser traduzida como ‘Você nunca andará sozinho’ e foi adotada pela torcida do Liverpool como um hino do clube, foi transmitida simultaneamente por 180 estações europeias, anunciadas no Twitter por Sander Hoogendoorn, um DJ holandês da rádio 3FM que promoveu a iniciativa.

    O DJ fez um apelo ao maior número possível de rádios para que se juntassem e transmitissem o clássico da banda britânica Gerry & The Pacemakers dos anos 60 como um símbolo de esperança e solidariedade contra a pandemia do Covid-19.

    A iniciativa, especialmente seguida pela rádio BBC 1, recebeu aplausos de vários internautas em toda a Europa.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 20/03/2020 18:06
    Dirigente flamenguista infectado pelo coronavírus recebe alta:

    O Flamengo recebeu uma boa notícia nesta sexta-feira. O vice-presidente de Embaixadas, Maurício Gomes de Mattos, recebeu alta do hospital em Brasília.

    O dirigente estava internado após testar positivo para o coronavírus. Maurício Gomes de Mattos não sofreu com os sintomas da doença e foi liberado após receber a última dose do antibiótico. Mesmo assim, ele seguirá em um hotel, respeitando a quarentena imposta pelo governo do DF.
    Maurício esteve na Europa antes de voltar ao Brasil e testar positivo para o coronavírus. O diagnóstico fez com que todo o departamento de futebol do Flamengo fosse também testado.

    O técnico Jorge Jesus precisou fazer o teste uma segunda vez após o primeiro ter dado “positivo fraco”. No entanto, depois foi verificado que o português não tinha sido infectado.

    O elenco do Flamengo segue em quarentena por conta da pandemia de coronavírus. As atividades do futebol do clube estão suspensas até o fim de março, mas deve permanecer assim por mais tempo.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 20/03/2020 19:15
    Cruzeiro inova em campanha contra
    coronavírus e some das redes sociais:

    As redes sociais do Cruzeiro ficaram fora do ar por uma hora nesta sexta-feira. O clube visou conscientizar os seus torcedores que as mortes devido ao coronavírus estão crescendo e que cada um tem que fazer a sua parte para que todos vençam a doença.

    “Viu como é dolorido ter que conviver com a ausência de quem você ama? Infelizmente, o número de mortes pelo novo coronavírus no Brasil está aumentando. Nós conseguimos voltar para deixar essa mensagem para vocês. Quando uma vida vai, não volta…”, publicou o time.

    “Fique em casa. Lave bem as mãos. Cuide bem de seus familiares que estão no grupo de risco. Proteja sua família. Cuide bem de você. A luta contra o coronavírus é, acima de tudo, uma luta pela vida”, completou.

    Além disso, a Raposa vem divulgando outras diversas medidas em prol do combate do Covid-19, como por exemplo imagens para as crianças colorirem e vídeos para assistirem em quanto permanecem em quarentena. As sedes sociais do clube também foram disponibilizadas às autoridades para ajudar na batalha contra o vírus.

    Fonte: Gazeta Esportiva

  • 20/03/2020 19h33
    No auge da crise do coronavírus na Itália, Napoli marca volta aos treinos para quarta-feira – País bate novamente recorde diário de mortos pelo
    Covid-19, com 627 vítimas nesta sexta-feira:

    A pandemia do coronavírus ainda está longe do fim na Itália – pelo contrário, o país registrou nesta sexta-feira 627 mortos, mais um recorde diário de vítimas fatais – mas o Napoli já marcou o retorno do elenco para os treinos, mesmo sem previsão de volta das competições. Os jogadores da equipe do Sul da Itália, entre eles o volante brasileiro Allan, são esperados no centro de treinamento napolitano na próxima quarta-feira.

    País europeu mais afetado pelo Covid-19, a Itália alcançou 4.032 mortos pela doença, ultrapassando pela primeira vez o número de vítimas fatais da China, epicentro da pandemia e até então o recordista de vidas perdidas pelo coronavírus.

    O Campeonato Italiano foi interrompido pela pandemia do coronavírus no início de março, após a 26ª rodada. O último jogo do Napoli, sexto colocado, com 39 pontos, foi a vitória por 2 a 1 sobre o Torino, dia 29 de fevereiro. Na Liga dos Campeões da Uefa, time italiano empatou em 1 a 1 com o Barcelona, em casa, no jogo de ida das oitavas de final. Nenhum das duas competições tem previsão de volta.

    Fonte: Site GE

  • 20/03/2020 20:20
    CEO do Cruzeiro, Sandro Gonzalez testa positivo para Covid-19:

    O Cruzeiro informou, nesta sexta-feira, que o CEO do Conselho Gestor, Sandro Gonzalez, foi diagnosticado com o Covid-19. Através de suas redes sociais, o clube comunicou o teste positivo do dirigente.

    Em nota breve, o clube celeste declarou ainda que Sandro Gonzalez passa bem, mas permanece em casa com a sua família, isolado em quarentena.

    Segundo o informativo, os outros integrantes do Conselho Gestor e demais membros do clube que tiveram contato com o CEO foram informados para reforçar as medidas de proteção.

    Também nesta sexta-feira, o Cruzeiro realizou uma ação nas redes sociais para alertar sobre a seriedade da pandemia. O perfil do clube ficou fora do ar durante uma hora para mostrar que as mortes pela doença estão crescendo no país.

    Fonte: Gazeta Esportiva

  • 20/03/2020 21h55
    Férias até 21 de abril; 50% de salário e imagem se paralisação seguir. Veja as propostas de clubes a atletas:

    Após reunião, Comissão Nacional de Clubes leva série de pontos para representantes de atletas. Discussão será levada a jogadores e intenção é homologar acordo na Justiça do Trabalho.

    Uma reunião online foi o ponto de partida de representantes de clubes para levantar propostas alternativas de menor impacto possível no momento de paralisação do futebol. A escalada de casos do novo coronavírus e as previsões de crescimento de casos até pelo menos junho deixam dirigentes de todo país preocupados com a geração de receitas e pagamentos de compromissos com os atletas.

    A conversa, na tarde dessa sexta-feira, reuniu representantes da Comissão Nacional de Clubes. Na Série A, são Fluminense, Atlético-MG, Grêmio, Palmeiras e Bahia. Na B, Avaí e Paraná, com Oeste como suplente. Advogado da área trabalhista, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, enviou as propostas para a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF) e para outros sindicatos de atletas profissionais.

    Confira as propostas:

    1) Proposta sobre férias – conceder imediatamente a todos os atletas o gozo de 30 (trinta) dias de férias coletivas com início em 23.03 e término em 21.04, antecipando qualquer período de férias proporcionais que os atletas venham a adquirir durante o restante de 2020, em qualquer clube que venha a jogar ainda em 2020. Todavia apesar de antecipar para agora os 30 dias de gozo, o pagamento das férias seria diferido, sendo 50% do valor agora, a ser pago pelo atual empregador e os outros 50%, com o 1/3 integral, a ser pago até 31.12.2020.
    Se o atleta trocar de clube antes de 31.12.2020, o novo clube ficará responsável pelo pagamento dos 50% restante, bem como de 50% do 1/3, cabendo ao Clube atual quando da rescisão pagar sua parte dos 50% do 1/3.
    Dessa forma, haveria uma uniformização do calendário e o gozo de férias do atleta por determinado clube afastaria o direito ao gozo por eventual novo empregador, vez que todos os dias de férias de 2020 serão antecipados.

    2) Férias de final de ano de 24/12 a 02/01/2021.

    3) Após férias coletivas não sendo possível volta campeonatos, redução da remuneração (CLT e imagem) em 50% por 30 dias, com treinamento em casa.

    4) Após 30 dias de redução da remuneração mantendo a impossibilidade de competir suspensão do contrato de trabalho até que se retorne as atividades, com a prorrogação dos contratos dos prazos dos contratos pelo período de suspensão.

    5) parcelamento das rescisões em até 5 vezes.
    * contratos que se encerrem neste período serão prorrogados até a data final dos estaduais.

    Fonte: Site GE

  • 21/03/2020 15h16
    Dybala é o terceiro jogador da Juventus a testar positivo para a covid-19:

    O atacante argentino Paulo Dybala anunciou hoje em suas redes sociais que foi o terceiro jogador da Juventus a testar positivo para o novo coronavírus (covid-19).

    Segundo Dybala, os exames dele e da namorada Oriana Sabatini deram positivo. Apesar do resultado, o jogador afirma que ele e Oriana estão em “perfeito estado” de saúde.

    Antes de Dybala, os jogadores Daniele Rugani e Blaise Matuidi já haviam testado positivo para a covid-19.

    A Juventus informou em nota que Paulo Dybala está em isolamento voluntário em sua casa desde a última quarta-feira, dia 11 de março, e continua sendo monitorado. O clube cita ainda que o jogador está bem e assintomático.

    Fonte: Site UOL

  • 21/03/2020 16h57
    Sindicatos prometem contraproposta na segunda-feira para clubes: “Diálogo está aberto”:

    Presidente da Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol lembra complexidade para solução, mas diz que jogadores vão decidir: “Arcarão com vantagens e consequências”.

    A proposta feita pela Comissão Nacional de Clubes para ser levada a sindicatos de atletas de todo o Brasil levou dúvidas e receio a jogadores. Viram em manchete a possibilidade de perderem 50% de salário na carteira de trabalho e em direitos de imagem caso o futebol não retorne tão cedo.

    É uma das propostas encaminhadas, após reunião nesta sexta-feira, de clubes de todas as séries do futebol nacional. Advogados receberam ligações e mensagens de atletas. Prontamente ouviram que não aceitam a redução salarial pela metade, pois não está previsto na lei trabalhista – a CLT trata, em caso de força maior, de máximo de 25% de desconto, o que já embasa resposta de muitos sindicatos.

    O presidente da Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol, Felipe Augusto, que ex-jogador e é advogado – hoje, como dirigente de classe, não representa mais atletas -, disse que o momento é de diálogo. Contou que conversou ainda neste sábado com o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt. Prometeu, junto a sindicatos estaduais e municipais, enviar contraproposta aos clubes até segunda-feira de tarde.

    Fonte: Site GE

  • 21/03/2020 18:39
    Grêmio confirma terceiro caso de dirigente diagnosticado com coronavírus:

    O Grêmio confirmou, neste sábado, o terceiro caso de Covid-19, o novo coronavírus, dentro do clube. Marco Bobsin, vice-presidente do conselho de administração, testou positivo para a doença após exame realizado durante a semana.

    De acordo com a nota oficial publicada pelo Tricolor Gaúcho, o dirigente de 68 anos está em observação no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, e se recupera bem. Assim que receber alta, Bobsin deve cumprir o protocolo de quarentena domiciliar.

    Na sexta-feira, o Grêmio divulgou que Cláudio Oderich, outro vice-presidente do clube, testou positivo para o coronavírus. Além dele, o assessor adjunto da presidência Eduardo Fernandes também foi diagnosticado com a doença.

    Na mesma data, jogadores, membros da comissão técnica e funcionários do Grêmio realizaram exames clínicos e foram vacinados no CT Luiz Carvalho. O departamento médico dividiu todos em grupos de quatro pessoas, que não tiveram contato entre si.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 21/03/2020 17h50
    Ex-presidente do Real Madrid morre por complicações da covid-19:

    O ex-presidente do Real Madrid, Lorenzo Sanz, morreu hoje aos 76 anos, em decorrência de complicações pelo novo coronavírus (covid-19). Ele estava internado desde a última terça-feira, 17, e além do diagnóstico positivo para doença, tinha diabetes e problemas circulatórios.

    Sanz presidiu o clube espanhol entre 1995 e 2000 e foi responsável por contratações históricas do clube, como o lateral esquerdo brasileiro Roberto Carlos, o meio-campista holandês Clarence Seedorf e o atacante croata Davor Suker.

    Durante sua gestão, o Real Madrid conquistou dois títulos da Liga dos Campeões, em 1998 (final contra a Juventus), quando o clube encerrou um jejum que durava 32 anos, e em 2000 (contra o Valencia). O clube também venceu uma Copa Intercontinental diante do Vasco, em 1998, em Tóquio, no Japão.

    Fonte: Site UOL

  • 21/03/2020 16h58
    Paolo Maldini, diretor do Milan, e filho são diagnosticados com covid-19:

    O Milan anunciou hoje que seu diretor técnico, o ex-jogador Paolo Maldini, de 51 anos, foi diagnosticado com o novo coronavírus após ser submetido a um teste devido aos sintomas da covid-19. Além de Paolo, o filho Daniel, 18, que joga pela equipe juvenil do clube italiano, também testou positivo.

    Segundo a nota divulgada pelo clube italiano, do qual Maldini foi ídolo e capitão, o ex-jogador esteve em contato com uma pessoa que posteriormente testou positivo para a doença.

    Depois de manifestar sintomas da covid-19, Paolo Maldini passou pelo teste, assim como Daniel, e teve confirmado o diagnóstico.

    Fonte: Site UOL

  • 21/03/2020 16h49
    Cristiano Ronaldo comprará materiais para ajudar no combate ao coronavírus:

    Depois de Jorge Mendes adquirir suprimentos médicos ajudar o hospital São João, no Porto, a combater o novo coronavírus (covid-19), Cristiano Ronaldo seguirá o exemplo de seu empresário, de acordo com o jornal espanhol As.

    É esperado que, nas próximas horas, jogadores de futebol de todo o mundo se juntem à ajuda necessária para combater o vírus. Cristiano Ronaldo está em sua terra natal, na Ilha da Madeira, em quarentena.

    Na Espanha, essa iniciativa foi realizada pela família Ortega, da Inditex, e espera-se que nas próximas horas o país receba o material necessário nos hospitais espanhóis. Filha de Amancio Ortega, Sandra doará mais de um milhão de máscaras, 5.000 roupas de proteção e várias telas de proteção ainda a serem determinadas, segundo o jornal La Voz de Galicia.

    A iniciativa da família Ortega na Espanha e Jorge Mendes em Portugal pode produzir um efeito indireto e espera-se que haja mais pessoas com possíveis investimentos em material sanitário.

    Fonte: Site UOL

  • 21/03/2020 16h38
    Lewandowski doa R$ 5,5 milhões para ajudar na luta contra o coronavírus:

    Robert Lewandowski e sua esposa, Anna, doaram 1 milhão de euros (aproximadamente R$ 5,5 milhões) para o combate da pandemia do novo coronavírus. O atacante do Bayern de Munique anunciou a atitude em publicação no Instagram.

    “Todos estamos cientes das dificuldades da situação que nos rodeia. Hoje, estamos todos jogando em um time. Sejamos fortes nessa luta. Se pudermos ajudar alguém, vamos fazê-lo. Decidimos doar 1 milhão de euros para contribuir para a luta contra o coronavírus. Essa situação afeta cada um de nós, por isso estamos perguntando novamente: siga as instruções, ouça quem sabe melhor. Seja responsável”, escreveu o jogador.

    Fonte: Site UOL

  • 22/03/2020 10:00
    Patrocinador rescinde contrato com clubes do Rio e Maracanã:

    A empresa portuguesa “Azeite Royal” emitiu um comunicado neste sábado informando que não irá mais patrocinar os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco, nem o estádio do Maracanã.

    Em meio a crise econômica mundial desencadeada pela pandemia do coronavírus, a marca lamenta a decisão e reafirma o compromisso com seus parceiros e supermercados quanto ao abastecimento dos produtos, mas quer “entender o momento que o mundo está passando”.

    Fonte: Gazeta Esportiva

  • 22/03/2020 10:00
    Santos tenta não perder patrocínios em meio ao coronavírus:

    O Santos tenta não perder patrocínios em meio ao novo coronavírus. A paralisação no futebol brasileiro compromete a exposição das empresas.

    O Peixe tem como hábito divulgar os parceiros por meio de publicações nas redes sociais e Santos TV. Nos últimos dias, essa prática foi intensificada.

    O Alvinegro mantém contato com as marcas para evitar surpresas. No Rio de Janeiro, por exemplo, o Azeite Royal rompeu com Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo e Maracanã

    Em meio à turbulência e cenário atípico, o Santos está perto de anunciar a renovação do contrato com o Grupo Algar. A empresa de tecnologia estampa a barra traseira e top central (próximo à gola) do uniforme.

    O acordo deve ser estendido até dezembro por aproximadamente R$ 2 milhões. O acerto é comemorado pelo Peixe justamente pela confiança neste momento difícil.

    O Santos tem, atualmente, seis parceiros no elenco profissional: a própria Algar, Philco, Casa de Apostas, Kicaldo, Unicesumar, Orthopride e Kodilar. O patrocínio máster segue vago.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 22/03/2020 10:34
    Fellaini anuncia que testou positivo para coronavírus:

    O belga Marouane Fellaini divulgou neste domingo que está infectado com o coronavírus. Através de suas redes sociais, o volante fez o anúncio e tranquilizou os fãs.

    “Caros amigos, fiz o teste de coronavírus e meu resultado é positivo. Agradeço aos fãs, equipe médica e clube pelo cuidado e atenção. Vou seguir o tratamento e espero voltar ao jogo o mais rápido possível. Por favor, todos fiquem seguros”, escreveu pelo Twitter.

    Fellaini tem 32 anos e atua no Shandong Luneng, da China, desde 2019. Ele é o primeiro jogador da Superliga Chinesa a contrair o vírus. O brasileiro Moisés, ex-Palmeiras, é seu companheiro de time.

    Fonte: Gazeta Esportiva

  • 22/03/2020 06h30
    Barcelona em apuros: o impacto do novo coronavírus no clube de maior faturamento no mundo:

    A perda de receitas por causa do fechamento dos portões do Camp Nou, de lojas e do museu agrava a situação financeira da instituição com o elenco de futebol mais caro da Europa; Segundo jornal, Messi e demais jogadores podem acertar redução salarial

    O Barcelona ostentava no início da temporada o título de “clube mais rico do mundo”. Fazia sentido: na anterior, havia sido o primeiro a ultrapassar a barreira dos € 800 milhões em receitas – mais precisamente, € 840,8 milhões (R$ 3,8 bilhões na cotação da época). Para a jornada 2019/2020, a diretoria havia traçado um orçamento com € 1,047 bilhão de faturamento. Mas aí veio a pandemia do novo coronavírus. Tudo mudou, para pior. A instituição agora se vê num desafio financeiro de proporções inéditas, com dificuldades para contornar as limitações nas fontes e sustentar os pilares estratégicos do presente e do futuro.

    Fonte: Site GE

  • 22/03/2020 05h01
    Grupo de clubes pretende união durante coronavírus para ações estratégicas depois da crise – Entre os que buscam unidade estão Atlético-MG, Athletico-PR, Corinthians, Santos, Bahia, Cruzeiro e Atlético-MG:

    Um grupo de clubes pretende voltar a discutir nesta semana ações para que o futebol brasileiro possa ter ganhos conjuntos depois da crise do coronavírus. A história não é nova, mas a tentativa é usar o período de paralisação para fortalecer a união, que já foi chamada de Aliança Brasileira de Clubes e hoje não tem um nome definido nem número de apoiadores fixo.

    Há nesta união a ideia de reforçar os cofres, principalmente com a venda de direitos internacionais de televisão. Mas também com loteria Big Data e outras propriedades que pertencem aos clubes e que não têm sido explorados.

    Alguns dos grandes clubes brasileiros não se aproximaram desse movimento, que tem Atlético Mineiro, Athletico Paranaense, Corinthians, Santos, Bahia, Cruzeiro e Sport como possíveis integrantes. Fora disso, numa posição individual, o Flamengo. Mas também Fluminense, Vasco, Palmeiras e São Paulo estão mais próximos da CBF e distante desse movimento.

    É um dos grandes problemas históricos, desde a Copa União de 1987. Os clubes não se juntam em torno de uma agenda comum. Um dos empresários do setor privado, que se aproximou dos clubes para pensar em ações coletivas define as reuniões entre dirigentes assim: “Ou eles brincam ou brigam. Ou tiram sarro uns dos outros, porque seus clubes ganharam ou perderam. Ou brigam por defender interesses exclusivos de seus clubes.”

    Fonte: Site GE

  • 22/03/2020 17h51
    Alerrandro descumpre regra de quarentena e é multado pelo Bragantino – Atleta foi para Lavras-MG, onde família fez festa, e vizinhos acionaram a PM:

    O atacante Alerrandro, do Bragantino, foi multado pelo clube por descumprir a regra de quarentena imposta pelo Massa Bruta aos jogadores e integrantes da comissão técnica. Neste fim de semana, o atleta foi para Lavras-MG se encontrar com a família, sendo que a ordem do clube é para que todos fiquem isolados em Bragança Paulista.

    Na cidade mineira, vizinhos da família do atleta registraram um boletim de ocorrência porque uma festa estava sendo realizada na casa dos familiares de Alerrandro. O BO foi registrado como perturbação de sossego, além da reclamação por causa da aglomeração de pessoas nesta época de coronavírus. Segundo consta no boletim, a mãe do atleta informou que havia cerca de 20 pessoas na festa. A Prefeitura de Lavras proibiu por 60 dias a aglomeração de pessoas em locais fechados.

    O Bragantino não se pronunciou sobre a multa aplicada ao atleta, mas existe a informação de que será descontado 40% do salário de Alerrandro. Em uma rede social, o clube apenas postou um vídeo em que o atacante pede desculpas por ter descumprido a regra.

    Fonte: Site GE

  • 22/03/2020 17h17
    Flamengo prevê reapresentação para 21 de abril e aguarda confirmação de férias coletivas – Diretoria envia comunicado para o departamento de futebol com esta previsão. Decisão de férias coletivas deve ocorrer nesta segunda-feira:

    O Flamengo trabalha com uma data para retornar às atividades: 21 de abril. Em comunicado enviado a todos os funcionários do departamento de futebol, o clube informou que prevê para este dia o reinício dos treinamentos.

    O período coincide com o que seria o retorno do elenco caso sejam confirmadas as férias coletivas que clubes e jogadores negociam. A expectativa é que um acordo seja concluído nesta segunda-feira.

    No sábado, o Flamengo anunciou que paralisaria por tempo indeterminado as atividades do futebol profissional, devido à pandemia de coronavírus. Por conta disso, o técnico Jorge Jesus e os demais portugueses da comissão técnica irão retornar a Portugal nesta segunda-feira, para ficarem com suas famílias durante a quarentena.

    Fonte: Site GE

  • 22/03/2020 18:18
    Jorge Jesus confirma retorno a Portugal após susto com coronavírus:

    Depois do susto com coronavírus, Jorge Jesus retornará a Portugal nesta segunda-feira para estar com a família. Com a suspensão das atividades no Flamengo por tempo indeterminado, o treinador e sua comissão técnica foram liberados. O auxiliar João de Deus e o preparador físico Mário Monteiro, ambos também portugueses, acompanharão Jesus.

    Em declarações publicadas pela sua assessoria de imprensa, Jesus explicou a decisão de retornar ao seu país.

    “Estava à espera de uma decisão da diretoria (do Flamengo), estudando e cuidando do planejamento de trabalho, mas, diante do adiamento de nossa volta às atividades, quero ficar ao lado de meus familiares nesse momento difícil, de enfrentamento de uma pandemia, que preocupa a todos nós. Rezo e torço para superarmos logo essa crise e eu poder voltar ao campo o mais breve possível”, disse o técnico.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 22/03/2020 18h08
    Em meio a novos casos do coronavírus, Wolfsburg anuncia volta aos treinos:

    Embora a Alemanha tenha confirmado hoje novos 2.488 casos do novo coronavírus, o Wolfsburg anunciou que retorna aos já treinos nesta segunda-feira visando o retorno do Campeonato Alemão de futebol, a princípio marcado para o dia 4 de abril.

    “O Wolfsburg retomará os treinos na segunda-feira, conforme estava planejado, ainda que sob condições especiais e cumprindo medidas rigorosas de higiene”, informou o clube em um comunicado.

    Os treinos serão realizados em pequenos grupos e com intervalos escalonados nas dependências do Volkswagen Arena, estádio do clube, com uso exclusivo da academia. Os jogadores serão divididos em quatro grupos distintos na sala de musculação, respeitando uma distância de um metro e meio entre eles e não haverá nenhuma atividade no gramado

    Apesar da decisão tomada pelo clube alemão de retornar aos treinos, está previsto para terça-feira um novo anúncio de adiamento da Bundesliga para o final de abril. Caso ocorra o anúncio, o Wolfsburg promete interromper imediatamente os treinamentos.

    Fonte: Site UOL

  • 22/03/2020 22h17
    Presidente do Grêmio é diagnosticado com coronavírus – Clube informa que Romildo Bolzan Júnior passa bem e está em isolamento há oito dias:

    O presidente do Grêmio Romildo Bolzan Júnior testou positivo para coronavírus, conforme comunicado feito pelo clube na noite deste domingo. Ele é o quarto dirigente tricolor diagnosticado com Covid-19 desde sexta-feira.

    Bolzan, 60 anos, é o quarto dirigente gremista infectado com coronavírus em três dias. Na sexta-feira, o Tricolor confirmou os casos positivos do assessor adjunto nas categorias de base, Eduardo Fernandes, e do vice-presidente Claudio Oderich. No sábado, foi a vez do também vice-presidente Marco Bobsin receber o diagnóstico da Covid-19.

    O presidente do Grêmio e seus pares estiveram presentes em um jantar com a diretoria do Inter na véspera do Gre-Nal pela Libertadores. O mandatário colorado, Marcelo Medeiros, também testou positivo para a doença.

    Jogadores, membros da comissão técnica e funcionários do clube realizaram exames clínicos e foram vacinados no CT Luiz Carvalho, na sexta-feira. O Tricolor tem reapresentação marcada para a próxima terça-feira após uma semana de atividades paralisadas.

    O Campeonato Gaúcho está suspenso até o dia 30 de março. A Libertadores não retorna antes de 5 de maio. Já o Brasileirão sequer tem data para começar.

    Fonte: Site GE

  • 22/03/2020 22h45
    Canadá anuncia que não vai enviar atletas às Olimpíadas e Paralimpíadas em 2020:

    País é o primeiro a retirar suas equipes oficialmente dos Jogos. Entidades canadenses pedem ao COI o adiamento das competições em um ano.

    O Comitê Olímpico do Canadá (COC) e o Comitê Paralímpico do Canadá (CPC) anunciaram na noite deste domingo que não vão enviar atletas às Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em 2020. É o primeiro país a retirar seus atletas oficialmente dos Jogos por conta da pandemia do coronavírus.

    Em carta publicada no site do COC neste domingo, as entidades que regem o esporte canadense pedem ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e ao Comitê Paralímpico Internacional (IPC) que adiem as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em um ano. “Com a COVID-19 e seus riscos associados, não é seguro para nossos atletas, e para a saúde e segurança de suas famílias e à comunidade canadense mais ampla, que atletas continuem treinando para estes Jogos. Aliás, vai contra as orientações de saúde pública que pedimos que todos os canadenses sigam”, diz a carta.

    Fonte: Site GE

  • 23/03/2020 09h09
    Presidente da Fifa: ‘Teremos de reformular o futebol, dando um passo atrás’:

    Gianni Infantino, que hoje completa 50 anos, enfrenta um panorama de muita incerteza e preocupações em relação ao futuro do futebol. Em entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport, publicada hoje e reproduzida pela agência AP, o presidente da Fifa falou em reformular o esporte como se conhece hoje, como forma de evitar uma crise irreversível, causada pelo coronavírus.

    O futebol mundial parou quase que integralmente devido ao surto da covid-19. “Teremos de reformular o futebol mundial dando um passo atrás”, afirmou Infantino.

    “É preciso fazer uma avaliação do impacto global. Temos todos de salvar o futebol de uma crise que apresenta riscos de se tornar irreversível”, disse o presidente da Fifa.

    Infantino deu ideias concretas do que pode acontecer após o período de isolamento visto em boa parte do mundo. Ele considera mudar os formatos das competições.

    “Podemos ter menos, mas mais interessantes competições. Talvez menos equipes, mas mais balanço. Menos, mas mais competitivas partidas, para preservar a saúde dos nossos jogadores”, opinou ele.

    Antes da pandemia, a Fifa vinha expandindo torneios, em um calendário já considerado congestionado. A Copa do Mundo de 2026 passaria a ter 48 seleções – em vez das habituais 32 – e o Mundial de clubes projetava incluir 24 times.

    Fonte: Site UOL

  • 23/03/2020 – 10:34
    Federação Espanhola paralisa futebol por período indeterminado por causa do coronavírus – Espanha é o segundo país da Europa com mais casos, com 33 mil infectados e mais de 2 mil mortos:

    Sem perspectivas com relação ao final da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol) e a LaLiga, empresa que organiza as competições profissionais na Espanha, anunciaram nesta segunda-feira, 23, após uma reunião em Madri, a suspensão por tempo indeterminado do futebol no país.

    Por meio de um comunicado oficial, as entidades afirmaram que o futebol não será retomado até que o governo espanhol diga que é seguro fazê-lo. No último dia 13, as competições foram suspensas por duas rodadas. Inicialmente, foi divulgado que ocorreria uma nova reunião nesta quarta-feira para determinar uma nova data, mas agora não há prazo para retorno.

    Fonte: Site UOL

  • – Fora do Futebol –

    23/03/2020 10h37
    GP do Azerbaijão de F1 é adiado devido ao coronavírus:

    Paris, 23 Mar 2020 (AFP) – O Grande Prêmio do Azerbaijão de Fórmula 1, que seria disputado nas ruas de Baku em 7 de junho, foi adiado sem nova data devido à pandemia do coronavírus, anunciaram nesta segunda-feira (23) os organizadores.

    A corrida é a oitava do Mundial de Fórmula 1 a ser adiada ou cancelada em 2020. Assim, a temporada não começará até 14 de junho no GP do Canadá, em Montreal.

    “O adiamento foi decidido após conversas profundas com a Fórmula 1, a Federação Internacional do Automobilismo (FIA) e o governo da República do Azerbaijão. É uma consequência direta da pandemia mundial do Covid-19 e a decisão é baseada integralmente nos conselhos de especialistas que nos foram passados pelas autoridades competentes”, explicaram os organizadores em comunicado.

    Fonte: Site UOL

  • 23/03/2020 18:44
    Botafogo oferece Nilton Santos para abrigar vítimas do coronavírus:

    Sem atividade por tempo indeterminado por conta da pandemia de coronavírus, o Botafogo emitiu um comunicado oficial onde oferece o estádio Nilton Santos para ser um local para abrigar os afetados pela doença.

    Os alvinegros seguem a linha de outros clubes do futebol nacional, como o São Paulo, que ofereceu o Morumbi para o mesmo objetivo. Na capital paulista, o estádio do Pacaembu já está sendo transformado em um hospital de campanha.

    No Rio de Janeiro, além do Botafogo, Vasco e Flamengo também disponibilizaram São Januário e Maracanã para o mesmo fim.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 23/03/2020 18h31
    Após morte de Lorenzo Sanz, outro ex-presidente do Real Madrid é internado:

    Fernando Martín, ex-presidente interino do Real Madrid, foi internado em estado grave em um hospital da capital da Espanha, em decorrência da infecção pelo coronavírus, segundo informaram nesta segunda-feira fontes do clube.

    A informação vem à tona apenas dois dias depois da morte de Lorenzo Sanz, que comandou os ‘Merengues’ entre 1995 a 2000, também infectado pelo novo patógeno.

    Martín foi presidente interino do Real entre 1º de março e 26 de abril de 2006, entre a renúncia de Florentino Pérez e a saída do cargo por não concordar com a convocação de eleições, que seriam vencidas por Ramón Calderón.

    O dirigente tem 72 anos e é empresário do ramo de construção, além de atuar como acionista em diversas companhias espanholas.

    Fonte: Site UOL

  • 23/03/2020 18h38
    Uefa formaliza adiamento de finais de torneios europeus de clubes:

    Paris, 23 Mar 2020 (AFP) – A Uefa formalizou nesta segunda-feira o adiamento das finais de todos os torneios continentais de clubes, Liga dos Campeões (masculina e feminina) e Liga Europa, prevista para maio, uma semana após a suspensão dessas competições “até novas ordens”, devido à pandemia de coronavírus.

    “A Uefa tomou formalmente a decisão de adiar as finais de clubes da UEFA que estavam agendadas para maio de 2020”, afirmou o órgão em um comunicado emitido nesta segunda.

    “Nenhuma decisão foi tomada ainda sobre as novas datas. O grupo de trabalho, criado na semana passada (…) discutirá as opções disponíveis. O grupo já começou a examinar o calendário. Os anúncios serão feitos no devido momento”, disse a Uefa.

    Fonte: Site UOL

  • 23/03/2020 18h48
    Fatih Terim, técnico do Galatasaray, testa positivo para coronavírus:

    Istambul, 23 Mar 2020 (AFP) – O ícone do futebol turco e atualmente técnico do Galatasaray, Fatih Terim, anunciou nesta segunda-feira que testou positivo para o novo coronavírus.

    “Os resultados de um teste divulgado hoje mostram positivo para o coronavírus“, disse Terim no Twitter.

    “Estou em boas mãos no hospital. Não se preocupem. Espero comunicar mais a vocês o mais rápido possível”, acrescentou.

    Conhecido como ‘Imperador’ e ex-técnico da seleção da Turquia, Terim, de 66 anos, comandou o Galatasaray em quatro etapas: 1996-2000, 2002-2004, 2011-2013 e desde dezembro de 2017.

    A Turquia registrou 1.236 casos do novo coronavírus, com 30 pessoas mortas, segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado no domingo.

    Fonte: Site UOL

  • 23/03/2020
    Presidente da FPF “entrega” que CBF não quer a anulação dos estaduais – Evandro Carvalho já deixou claro que o Campeonato Pernambucano não vai ser encerrado:

    Recife, PE, 23 (AFI) – Se depender da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), os estaduais de 2020 não serão anulados por conta da pandemia do coronavírus. Pelo menos é o que disse o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho.

    Em entrevista ao Diario de Pernambuco, o dirigente descartou que a CBF esteja pensando em mudar a fórmula de disputa do Brasileirão e não tem como objetivo anular os estaduais por conta da falta de datas.

    “A CBF disse é que, como os estaduais têm que acabar, o Campeonato Brasileiro ao invés de acabar no início de dezembro deve gastar o mês de dezembro todo, com a antecipação de férias para agora”, comentou Evandro Carvalho.

    Apesar do desejo da CBF, alguns estaduais não devem mesmo ser encerrados. Na última sexta-feira, a Federação Amazonense de Futebol entrou em um acordo com os clubes e anunciou que o campeonato não será mais finalizado.

    A tendência é que outros estaduais tenham o mesmo desfecho. O Campeonato Pernambucano, porém, será encerrado. Essa foi a ideia sugerida pelos clubes do interior, mas não rejeitada pelo presidente da FPF.

    Fonte: Site Futebol Interior

  • 23/03/2020
    Potiguar: Sem receita por conta do COVID-19, ABC demite roupeiro com 50 anos de casa – Trata-se de João Bernardo, também conhecido como Joca, que chegou ao Mais Querido com 14 anos:

    Natal, RN, 23 (AFI) – Sem receita por conta da pandemia de coronavírus, o ABC se viu obrigado a anunciar nesta segunda-feira (23) uma demissão em massa dentro do clube, que atingiu cerca de 30 funcionários. Dentre eles, a saída mais sentida sem dúvidas será a do roupeiro João Bernardo, que estava há 50 anos no clube e tinha muita história dentro dele.

    Além dele, também foram desligados ‘colaboradores’ de diversos setores do clube: futebol profissional, futebol de base, administrativo, marketing, comunicação e programa de sócios torcedores. Na nota oficial, o clube afirma que tomou essa decisão por ‘considerar vital para a continuidade das atividades do clube’.

    Mesmo com a chance de voltar depois dessa crise, João Bernardo, conhecido por todos no clube como Joca erá o funcionário mais antigo do clube. Ele está no Mais Querido desde 22 de janeiro de 1970. Naquela época ele tinha 14 anos, hoje 74 e virou símbolo do clube. Tanto que foi personagem de diversos episódios da TV ABC onde contou diversas histórias.

    Fonte: Site Futebol Interior

  • 23/03/2020
    Médico de time amazonense testa positivo para coronavírus – Lucas Mitoso, do Manaus, usou as redes sociais para dar dicas sobre a doença:

    Manaus, AM, 23 (AFI) – Foi confirmado o primeiro caso do novo coronavírus no futebol amazonense. O médico do Manaus, Lucas Mitoso, revelou ter tido diagnostico positivo ao COVID-19. A informação foi através do próprio funcionário nas redes sociais.

    “Estou com coronavírus! Vou fazer uma live no insta hoje, 23/03, às 16h (17h de Brasília) para contar minha experiência, passar algumas informações e cuidados”, postou Lucas Mitoso, que deu dicas aos internautas sobre a doença.

    SITUAÇÃO:

    O Estado do Amazonas tem 32 casos confirmados de coronavírus. Lucas Mitoso é o primeiro no meio do futebol.

    O Campeonato Amazonense foi o primeiro a ser encerrado sem um campeão ou times rebaixados. Os clubes também optaram por suspender as atividades po tempo indeterminado.

    Fonte: Site Futebol Interior

  • 23/03/2020
    “Estamos fora do Estadual”, diz dirigente de clube do Rondoniense – Clube já dispensou os jogadores e deverá ser rebaixado e sofrer punições administrativas:

    Porto Velho, RO, 23 (AFI) – O Campeonato Rondoniense sofreu uma baixa por causa da paralisação da pandemia do coronavírus. Sem grana para manter o elenco, a diretoria do Guaporé anunciou a desistência do Estadual.

    “Estamos fora do Estadual. Já começamos a dispensar os atletas que viajam. Eles estão ansiosos por encontrar suas famílias”, disse Júnior Gazele, diretor do clube, ao Futebol do Norte.

    O Campeonato Rondoniense, assim como todos os outros Estaduais, foi paralisado. Muitos clubes não têm como manter o elenco. Assim, o Guaporá dispensou os jogadores para voltarem para casa. Com tal atitude, o clube será rebaixado e poderá sofrer punições administrativas.

    A situação do Guaporé não era nada boa. O clube tinha apenas cinco pontos em sete rodadas e já brigava contra o descenso. Foram quatro derrotas, dois empates e só uma vitória. O Guaporé faria mais três jogos, sendo o próximo contra o Barcelona.

    Fonte: Site Futebol Interior

  • 23/03/2020
    Napoli adia volta aos treinos por tempo indeterminado:

    O Napoli anunciou hoje que cancelou a decisão de voltar aos treinos na próxima quarta-feira (25). Na última sexta-feira o clube divulgou a volta das atividades, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, e foi muito criticado por torcedores na internet, que disseram que “o clube não tinha respeito”.

    “O Napoli anuncia que todas as atividades esportivas estão suspensas até nova data. O retorno aos treinos será decidido a partir da evolução do combate à covid-19“, dizia o comunicado do clube napolitano.

    A Itália é o segundo país mais atingido pelo coronavírus, com quase 64 mil pessoas infectadas. No número de mortes, o País da Bota lidera, com 6.077 óbitos.

    Fonte: Site UOL

  • 24/03/2020
    Por que Belarus é o único país da Europa que não interrompeu seu futebol?

    Apesar de já ter mais de 75 casos confirmados da infecção, o país optou por manter suas competições de futebol em andamento e está permitindo a entrada normal de torcedores nos estádios.

    A temporada 2020 da Vysshaya Liga, primeira divisão da modalidade em Belarus, teve início na última quinta-feira e já completou sua rodada de abertura. No próximo fim de semana, está prevista a realização de mais oito partidas.

    Na semana passada, o presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, classificou o fechamento de fronteiras como medida para combater o covid-19 como uma “bobagem total e absoluta”. Além disso, também deu sua receita particular para combater a doença: “tomar uma sauna, beber muita vodka e trabalhar duro para matar o vírus no seu organismo”.

    Já o mandatário da Federação Bielorrussa de Futebol, Vladimir Bazanov, disse que não há uma “situação crítica” que justifique a paralisação do campeonato e defendeu que as partidas sejam realizadas com presença de público para evitar aglomerações do lado de fora dos estádios, como aconteceu em outros países.

    Um dos principais nomes da história do futebol de Belarus, o ex-meia Aleksandr Hleb, que jogou no Barcelona e no Arsenal, criticou a forma como seu país tem lidado com a ameaça do coronavírus.

    “É incrível, ninguém quer saber. Por aqui, todo mundo sabe o que está acontecendo na Itália e na Espanha, está feio demais. Mas os governantes insistem que o vírus não é tão grave quanto as notícias mostram. E muitos jovens também pensam desse jeito”, afirmou, em entrevista ao tabloide britânico “Sun”.

    Fonte: Site UOL

  • 24/03/2020
    Jogadores projetam impasse com proposta de redução de salários – Solução pode ser acordo individual, clube a clube. Mas comissão de dirigentes pressiona:

    O Sindicato dos Atletas Profissionais recebeu ligações de todo o Brasil, depois da segunda proposta da Comissão Nacional de Clubes de diminuir em 25% os salários dos jogadores e conceder férias coletivas de vinte dias, para aliviar as contas dos empregadores durante o período da crise.

    Apesar de ter havido entendimento do sindicato de que a proposta dos clubes terá respaldo legal, diferentemente da primeira oferta, que pretendia reduzir os vencimentos em 50%, os jogadores espalhados pelo Brasil têm um argumento imbatível: querem diminuir 25% de um salário que não é pago. Rir para não chorar: alguns clubes teriam de receber 25% do dinheiro que não pagam a seus atletas.

    Um dos líderes do movimento dos clubes, o presidente do Fluminense Mario Bittencourt não pode ser acusado disso porque o Fluminense não tem, neste momento, atraso de salários. Mas Vasco, Botafogo, Cruzeiro, só para listar os clubes mais importantes do país, têm dívidas

    Será muito difícil assinar um acordo coletivo com clubes do Norte ao Sul do Brasil, mas a Comissão Nacional de Clubes, com 46 deles representados na reunião desta segunda-feira, pretende uma resposta dos jogadores em 48 horas.

    A proposta de férias coletivas de vinte dias parece correta, porque o calendário terá de se estender até dezembro. Mas a questão dos salários parece precoce, especialmente levando em conta o que pode ocorrer com toda a sociedade.

    Fonte: Site GE

  • 24/03/2020
    Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio 2020 são oficialmente adiadas:

    Em nota divulgada nesta terça-feira, após conferência entre Thomas Bach e Shinzo Abe, Primeiro-Ministro do Japão, evento foi oficialmente adiado para acontecer entre o fim de 2020 e, no mais tardar, o verão de 2021.

    As Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio 2020 foram oficialmente adiadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira por causa da pandemia de coronavírus. A decisão foi tomada após uma teleconferência entre Thomas Bach, presidente do COI, e Shinzo Abe, Primeiro-Ministro do Japão, para resguardar a segurança de atletas, técnicos e de todos que participariam diretamente ou indiretamente das competições. A nota oficial não informa uma nova data para as competições, mas diz que deverão ocorrer até o verão de 2021.

    Fonte: Site GE

  • 24/03/2020
    Adiamento das Olimpíadas tira 11 jogadores da seleção de futebol por limite de idade:

    Com base na última convocação, Paquetá encabeça lista dos que completam 24 anos em 2021. Da seleção principal, Jesus e Bruno Guimarães têm o mesmo problema.

    O adiamento das Olimpíadas de Tóquio* impacta diretamente na convocação da seleção brasileira masculina de futebol. Isso acontece porque a regra do torneio masculino olímpico de futebol permite a participação de jogadores que completem até 23 anos no ano da disputa – além de três atletas sem limite de idade. No feminino, não há restrição, no entanto, poderia desfavorecer veteranas, como a atacante Formiga, que já tem 42 anos e busca a sua sétima participação olímpica.

    Jogadores da seleção olímpica que completam 24 anos em 2021:

    Goleiros: Cleiton (Red Bull Bragantino) e Lucas Perri (São Paulo)
    Zagueiros: Gabriel (Lille), Luiz Felipe (Lazio) e Lyanco (Torino)
    Laterais: Caio Henrique (Grêmio) e Ayrton Lucas ((Spartak Moscou)
    Meio-campistas: Lucas Paquetá (Milan), Matheus Henrique (Grêmio), Maicon (Shakthar Donetsk ) e Wendel (Sporting)

    Fonte: Site GE

  • 24/03/2020
    Seleções pedem, e COI e Fifa estudam jogadores com 24 anos em Jogos de 2021:

    Com o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio em razão da pandemia de coronavírus, a Fifa e o Comitê Olímpico Internacional estudam uma possível permissão para que atletas que completarem 24 anos em 2021 possam participar da Olimpíada. A seleção brasileira, por exemplo, foi convocada pela última vez com 11 jogadores nascidos em 1997, que, portanto, correm o risco de ficarem fora da competição.

    A reportagem do UOL Esporte apurou que federações, como a da Austrália, entraram em contato com as entidades organizadoras pedindo a exceção em virtude do adiamento da Olimpíada de Tóquio. Desde então, COI e Fifa estudam as possibilidades de uma mudança no limite de idade dos jogadores de futebol convocados para os Jogos.

    Além da decisão do COI, a FIFA trabalhará com as partes interessadas relevantes para tratar de todos os principais assuntos relacionados a este reagendamento”, explicou a Fifa, em comunicado oficial após o anúncio do adiamento da Olimpíada.

    Fonte: Site UOL

  • 24/03/2020
    CBF quer calendário que não afete 2021 e preserve estaduais:

    Com todas as competições suspensas em meio à pandemia do coronavírus, clubes e CBF debatem os rumos do calendário do futebol brasileiro, sem data para retomar atividades. O futuro é incerto e dependerá de quando o retorno ocorrer, mas há bases já encaminhadas: as datas não devem invadir a temporada 2021, que será plenamente preservada; quando a bola voltar a rolar este ano, a prioridade será concluir os estaduais e a Copa do Brasil.

    O calendário 2021 já envolve acordos fixos com patrocinadores e as emissoras transmissoras em torno do número de datas e período das competições. Por isso, qualquer iniciativa de adaptação ao calendário europeu, com uma temporada invadindo o próximo ano, traria prejuízos a todos os envolvidos – na interpretação da entidade – e necessidade de ajustes radicais.

    Por questões políticas e pelo fato de terem sido paralisados quando estavam perto da reta final, os estaduais serão preservados. A CBF tem tranquilizado os presidentes das federações e afirmado que a prioridade é concluir as competições que já estão em andamento.

    Fonte: Site UOL

  • 24/03/2020
    Arsenal anuncia doação para instituições de caridade que combatem o coronavírus:

    Em seu site oficial, o Arsenal anunciou nesta terça-feira que doará 100 mil libras (cerca de 600 mil reais) para instituições de caridade e organizações da Inglaterra que contribuem no combate à pandemia do coronavírus. O clube ainda fornecerá 50 mil libras para projetos da comunidade municipal em Londres.

    A partir desta terça, o Arsenal deixará todos os carros que possui disponíveis para o transporte de profissionais de saúde e suprimentos. Além disso, o time ainda está desenvolvendo um programa educacional online, que mistura futebol e aprendizado.

    Com a iniciativa, o clube se junta às equipes inglesas que realizaram ações solidárias na luta contra o coronavírus. No sábado, City e United lançaram uma campanha conjunta visando auxiliar a cidade de Manchester. Já o Liverpool, no domingo, disponibilizou os funcionários de seu estádio para ajudar os supermercados da região.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 24/03/2020
    Com coronavírus, Maldini critica precauções tardias na Itália: “Futebol deveria ter parado muito antes” – Ex-zagueiro do Milan faz coro a teoria de que jogo da Atalanta na Champions teria ajudado na proliferação do vírus e relata sintomas: “Dores fortes. Um aperto no peito”.

    Lenda do futebol mundial, o ex-zagueiro Paolo Maldini é um dos milhares de infectados com o novo coronavírus na Itália, um dos países mais atingidos pela pandemia. Segundo o ídolo do Milan, o surto poderia ter sido combatido de forma mais eficaz se medidas de precaução tivessem sido tomadas antes.

    – O futebol deveria ter parado muito antes. Jogar de portões fechados é um atentado aos jogadores e à própria torcida – salientou Maldini, que é diretor-técnico no Milan.

    Ele também fez coro a teoria de que jogo entre Atalanta e Valencia, no dia 19 de fevereiro, pelas oitavas de final da Champions, teria ajudado na proliferação do vírus.

    – Ter portões abertos na partida entre Liverpool e Atlético de Madrid pela Liga dos Campeões, com quatro mil torcedores chegando na Inglaterra da Espanha, país que já era uma zona de foco do vírus, foi uma loucura. O mesmo vale para Atalanta x Valencia, que foi uma das causas para o surto em Bérgamo- observou.

    Fonte: Site GE

  • 24/03/2020
    Clubes reforçam pedido para que torcedores fiquem em casa após pronunciamento do presidente – Jair Bolsonaro contraria especialistas e pede “volta à normalidade”.

    As redes sociais de alguns clubes de futebol do Brasil tuitaram e retuitaram orientações aos torcedores pedindo que sigam em casa como forma de combate à pandemia de coronavírus logo depois de pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, na noite desta terça-feira, em rede nacional.

    Bolsonaro, em seu discurso, contrariou os especialistas e pediu a “volta à normalidade” e o fim do “confinamento em massa”, além de dizer que os meios de comunicação espalharam “pavor”.

    Fonte: Site do GE

    * A Arena do AZ diz:

    FIQUEM EM CASA AMIGOS!

    Só saiam em caso de extrema necessidade.

  • Artigo, Joabel Pereira, jornalista
    – Quer ficar em casa ?
    Você quer quarentena, ficar em casa ? Mas exige um frentista e posto de combustível aberto!
    Você quer ficar em casa ? Mas exige o mercado aberto com atendentes, senão você surta !
    Quer ficar em casa ? Mas quer que o porteiro do seu prédio e o zelador estejam trabalhando !
    Quer ficar em casa ? Mas precisa de dinheiro e quer que o bancário esteja no banco pra resolver seu problema ! Quer ficar em casa ? Mas tem motoristas e cobradores de ônibus trabalhando pra transportar quem precisa de transporte!
    Quer ficar em casa ? Mas o farmacêutico e balconista tem que estar lá pra te servir né !
    Quer comprar pão ? A padaria tem que tá aberta né?
    Quer ficar em casa? Claro, mas Deus o livre se o caminhoneiro parar né !
    Em casa sim, mas a coleta de lixo tem que estar em dia pelos garis !

    Quer ficar em casa ?
    A vida dos outros vale menos que a sua ?
    Por quê eles são obrigados a trabalhar para seu conforto mesmo num momento desse, e vc não ?

    *Isolamento social sim, mas pra grupos de riscos, claro !* *Precauções conscientes sim de todos !!!*

    Não reclame depois que a economia estiver afundada e você ser demitido para reduzir gastos da empresa.
    Foi vc quem optou por isso, fez baderna, bateu panela e foi a favor de tudo isso !

    E não culpe os outros pois avisado foi !!!

  • 25/03/2020
    Contraproposta de atletas rejeita corte de salários e pede garantias à CBF contra eventual calote:

    Em nota, federação nacional de atletas de futebol responde a ofertas feitas pela Comissão Nacional de Clubes. Confira o que pensam os representantes de jogadores.

    A Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FNAPF) rejeitou formalmente a proposta da Comissão Nacional dos Clubes (CNC) de redução de 25% dos salários dos jogadores durante o período de paralisação do futebol. O documento foi encaminhado nesta quarta-feira ao presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, representante da Comissão Nacional de Clubes (CNC).

    Contraproposta vai pedir garantias e adiar discussão salarial; acordo coletivo mais distante

    A proposta de férias coletivas foi ajustada na resposta dos atletas. A entidade que representa os atletas aceita 30 dias de férias – entre 1 e 30 de abril, mas com pagamento integral das férias e o terço constitucional até o dia 4 de maio.

    A proposta anterior dos clubes previa férias de 20 dias, com pagamento mais espaçado. A entidade também pede que fique garantido que os atletas tenham direito a licença remunerada de, no mínimo, 10 dias, entre o Natal e Ano Novo.

    Outra condição para a formalização de acordo coletivo diz respeito ao pagamento de salário e de parcela de imagem referente ao mês de março até o dia 7 de abril.

    Por fim, os atletas pedem garantias caso os clubes não acertem o pagamento. Cobram da CBF ser avalista deste acordo, “no caso dos clubes não paguem o salário e a parcela de imagem no mês de março e ainda as férias a serem gozadas em abril”.

    Fonte: Site GE

  • 25/03/2020
    Goleiro Neuer apoia redução de salários de jogadores: “Somos privilegiados e devemos aceitar” – Jogadores do Bayern de Munique aceitam corte de 20% nos vencimentos mensais:

    Clubes de futebol em todo o mundo vêm discutindo medidas para diminuir o impacto econômico da pandemia do novo coronavírus. Capitão da seleção da Alemanha e titular do Bayern de Munique, o goleiro Manuel Neuer acredita que os jogadores profissionais devem aceitar a redução de salários durante o período de crise, como uma forma de colaborar.

    – Os jogadores de futebol formam um grupo de profissionais especialmente privilegiados, por isso é evidente que temos que aceitar uma redução salarial quando for necessária. O Bayern de Munique tem cerca de mil empregados e muitos outros ligados indiretamente, em tarefas importantes. Queremos ajudá-los com esse gesto – declarou Neuer à imprensa alemã nesta quarta-feira.

    Os jogadores do Bayern de Munique chegaram a um acordo com o presidente Karl-Heinz Rummenigge, e os diretores Hasan Salihamidzic e diretor Oliver Kahn sobre uma redução de 20% dos salários do elenco e de profissionais do departamento de futebol. Essa medida ajudará o clube a não cortar os vencimentos de outros funcionários.

    Na última terça-feira, foram os jogadores do Borussia Dortmund que aceitaram a redução salarial, também de 20%, para ajudar a minimizar o estrago econômico provocado pela pandemia do vírus da Covid-19.

    Fonte: Site GE

  • 25/03/2020
    “Atletas sobrevivem desde que tenha UTIs livres”, diz infectologista da USP:

    “Os atletas sobrevivem desde que tenha UTIs disponíveis”. Essa é a fala da professora Ester Sabino, infectologista e pesquisadora do Instituto de Medicina Tropical da USP e uma das responsáveis pelo sequenciamento do novo coronavírus, após o discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em rede nacional ontem (24). Durante a fala, Bolsonaro afirmou que seu passado de “atleta” o ajudaria num eventual caso de contração da Covid-19. A profissional esclareceu ao UOL Esporte que praticantes de atividades físicas, mesmo os esportistas de elite, podem ser infectados e terem o quadro de saúde agravado caso sejam contagiados.

    “Mesmo com um pulmão mais desenvolvido, o atleta de alto rendimento também pode ter um caso agravado de Covid-19. A proporção é menor. Em geral, atletas sobrevivem desde que tenha Unidades de Terapia Intensiva disponíveis. Se não tiver, vão morrer em casa. Não podemos ter todos doentes ao mesmo tempo”, declarou a doutora Ester Sabino.

    Ainda de acordo com a médica Ester Sabino, o atleta, além de estar sujeito a sofrer um quadro grave de Covid-19, pode transmitir o vírus a outras pessoas mesmo quando assintomático. Por esse motivo, o isolamento social é extremamente importante.

    Fonte: Site UOL

  • 25/03/2020
    Prefeito de Bérgamo diz que duelo entre Atalanta e Valencia “foi uma bomba biológica” – Giorgio Gori admite que partida disputada em Milão contribuiu para que o coronavírus se espalhasse entre a população da cidade, uma das mais afetadas em toda a Itália:

    A goleada da Atalanta diante do Valencia, que abriu caminho para uma classificação histórica da equipe italiana, contribuiu para que Bérgamo se tornasse uma das cidades mais afetadas pelo coronavírus em todo o mundo. É o que apontou o prefeito da cidade, Giorgio Gori, em uma transmissão nas redes sociais na última terça-feira.

    Segundo a autoridade, os cerca de 40 mil fãs que viajaram para Milão para acompanhar a partida em San Siro podem ter se contaminado de forma coletiva.

    – O jogo foi uma bomba biológica. Naquela época, não sabíamos o que estava acontecendo. O primeiro paciente na Itália surgiu em 23 de fevereiro. Se o vírus já estava em circulação, os 40 mil torcedores que foram ao San Siro foram infectados. Ninguém sabia que o vírus estava circulando entre nós – disse Giorgio, citado pelo “TuttoSport”.

    Fpnte: Site GE

  • 26/03/2020
    COI quer anunciar Olimpíadas entre julho e agosto de 2021 em até um mês – Ideia é realizar Jogos Olímpicos exatamente um ano após a data inicialmente marcada:

    Dois dias após definir o adiamento das Olimpíadas de Tóquio para 2021, na última terça-feira, o Comitê Olímpico Internacional (COI) trabalha agora com a ideia de, em até um mês, anunciar as novas datas dos Jogos Olímpicos. Uma força-tarefa criada pela entidade espera que o megaevento ocorra entre julho e agosto de 2021, exatamente um ano depois do período original. A informação é do jornal japonês Yomiuri Shimbun e foi confirmada pelo inglês The Telegraph.

    – Nós queremos fechar as datas em quatro semanas mais ou menos – afirmou John Coates, chefe da comissão de coordenação dos Jogos Olímpicos de Tóquio e membro do COI.

    Fonte: Site GE

  • 26/03/2020
    Bellintani fala sobre calendário do Brasileirão em 2020 – Nossa luta é para manter o campeonato com o formato definido’, diz o presidente:

    Devido à pausa, que deverá ser ampliada pelos próximos meses, há quem acredite que a Série A terá seu formato alterado ou calendário semelhante ao das competições europeias. Para o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, não existe nenhuma perspectiva de mudança.

    De acordo com o mandatário do Esquadrão, a tendência é de que o calendário seja cumprido integralmente em 2020, aproveitando datas que ficaram vagas por conta da suspensão da Copa América.

    “Não há nenhuma perspectiva de mudança de calendário. O objetivo ainda é manter o calendário completo. Vou explicar uma coisa para o torcedor: dentro do calendário tem intervalos para a Copa América e Datas-Fifa para as Eliminatórias da Copa do Mundo. Com a suspensão da Copa América, já vaga espaço no calendário e já ganhamos datas para, eventualmente, se precisar o começo do campeonato ser adiado. E tem a possibilidade de compatibilizar as “Datas-Fifa” com jogos do Campeonato Brasileiro”, disse o presidente.

    “Então, a tendência é que não haja nenhuma mudança no modelo do campeonato. É isso que a gente luta, porque acho que passa a haver insegurança quando começa a mudar. Uma coisa é preferir o campeonato no modelo europeu e eu concordo com isso. Mas fazer isso somente em função do coronavírus, não cabe. Nossa luta é para manter o campeonato com o formato definido”, acrescentou.

    Seguindo o protocolo de quarentena, ainda não existe uma posição provável por parte da CBF sobre o reinício das competições e muito menos de novas datas para a disputa do Brasileirão.

    Fonte: Site EcBahia

  • 26/03/2020
    Bahia deve iniciar férias coletivas no dia 1º de abril – Paulo Paixão revela possibilidade de férias a partir da próxima semana:

    Com a indefinição sobre o retorno das competições oficiais, por conta do coronavírus, o Bahia deve ser mais um clube a entrar em férias coletivas a partir do dia 1º de abril.

    Atualmente, os jogadores estão cumprindo um calendário predefinido pelo clube, que concedeu 15 dias de recesso a todos os profissionais do clube, mas sem descanso das atividades físicas. Com isso, atletas estão trabalhando em casa, com acompanhamento remoto de fisiologistas, fisioterapeutas, nutricionistas e preparadores.

    Após o período estipulado de recesso (30 de março), a tendência é de que o elenco inicie o mês de abril em férias. A informação foi revelada pelo preparador físico Paulo Paixão, em entrevista à rádio Grenal, nesta quinta-feira (26).

    “Vamos ficar no aguardo do noticiário, mas tenho conversado com o diretor. Teremos férias coletivas a partir do dia 1° de abril. A tendência é que tudo recomece em junho. O diretor da Copa do Nordeste disse que voltando em junho consegue terminar a competição. O estadual não sabemos e a Sul-Americana volta em junho. Acredito que todas as competições vão ser cumpridas”, contou o veterano da preparação física.

    Apesar da afirmação de Paixão, ainda não há definição sobre o período de férias. Como representante da Comissão Nacional de Clubes, o Bahia deve seguir uma ação conjunta com as demais agremiações.

    Fonte: Site EcBahia

  • 26/03/2020
    Jogadores do Leeds United abrem mão dos salários em prol de funcionários do clube:

    Os jogadores e comissão técnica do Leeds United, da Inglaterra, decidiram voluntariamente adiar o recebimento de seus respectivos salários para garantir que os funcionários do clube sejam pagos integralmente, durante a a paralisação do futebol mundial causada pelo coronavírus.

    Em comunicado oficial emitido nesta quinta-feira, a equipe esclareceu que a iniciativa partiu do próprio elenco, e que foi liderada pelos atletas mais experientes. A nota ainda afirma que o clube tem, ao todo, 272 funcionários a serem remunerados.

    “O Leeds United é uma família, esta é a cultura que foi criada por todos no clube, desde os jogadores e o conselho até a equipe e os torcedores nas arquibancadas. Enfrentamos incertezas, portanto, é importante que todos trabalhemos juntos para encontrar uma maneira de o clube avançar nesse período e terminar a temporada da maneira que todos esperamos. Enquanto isso, vamos trabalhar juntos para ouvir os conselhos do governo e o serviço de saúde, e derrotar esse vírus”, escreveram os atletas coletivamente.

    Comandado pelo argentino Marcelo Bielsa, o Leeds é líder da EFL Championship, a 2ª divisão do Campeonato Inglês, e tem um ponto de vantagem sobre o vice West Bromwich, a nove rodadas do fim da competição.

    Fonte: Gazeta Esportiva

  • 26/03/2020
    Clubes da Série B anunciam férias coletivas e possível redução salarial dos jogadores:

    Nesta quinta-feira, os 20 clubes que disputarão a Série B do Campeonato Brasileiro deste ano publicaram uma série de medidas tomadas em conjunto visando minimizar os danos causados pelo coronavírus. Dentre elas, está o início de férias coletivas para todos os envolvidos nas atividades futebolísticas e a possibilidade de redução salarial dos jogadores.

    Foi decidido que atletas profissionais, membros de comissões técnicas e funcionários entrarão em férias coletivas de 20 dias, prorrogáveis por mais dez dias, a partir de 1º de abril. A prorrogação será avaliada no dia 15 de abril, levando em conta o estágio do combate ao coronavírus no Brasil.

    As equipes salientaram que pagarão todos os salários de março, porém foi deliberado que, caso não haja uma normalização das atividades do futebol no Brasil após as férias coletivas, poderão reduzir os vencimentos de todos os atletas profissionais, membros de Comissões Técnicas e funcionários em 25%. Essa medida seria adotada até o final da paralisação. Além disso, foi determinada a suspensão de todos os contratos de direito de imagem durante esse período.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 26/03/2020
    Cristiano Ronaldo é criticado por ex-presidente da Juve por sua postura na quarentena:

    O ex-presidente da Juventus, Giovanni Cobolli Gigli, criticou a postura de Cristiano Ronaldo durante a pandemia do coronavírus. Segundo o italiano, o jogador não deveria ter deixado a Itália para ir à Ilha da Madeira, onde está desde que a quarentena começou.

    “As coisas na Juventus ficaram complicadas quando Cristiano Ronaldo foi embora. Ele disse que estava indo para Portugal por causa de sua mãe, mas agora ele parece apenas estar tirando fotos na piscina. Quando a exceção foi feita para ele, as coisas desmoronaram e outros também quiseram ir embora, mas não deveria ter sido assim. Todos eles deveriam ter sido colocados em quarentena”, contou à Radio Punto.

    O dirigente ainda disse os atletas que saíram do país terão mais dificuldades para voltarem à forma, já que terão que ficar em quarentena por mais 14 dias ao retornarem. Além disso, Gigli acha que o Campeonato Italiano tem pouca opção a não ser anular a temporada.

    Fonte:Gazeta Esportiva

  • 26/03/2020
    Coronavírus: Conmebol adiantará verbas a clubes de competições paralisadas:

    A Conmebol anunciou hoje que irá adiantar verbas a clubes que ainda estão disputando a Copa Libertadores da América ou a Copa Sul-Americana, ambas paralisadas em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A intenção da entidade é aliviar a situação financeira das equipes.

    Em nota, a Conmebol informou que os times poderão “solicitar um adiantamento excepcional de até 60% do prêmio de participação” nos torneios. Desta forma, terão mais facilidade para controlar suas despesas.

    A Libertadores de 2020 ainda tem sete clubes brasileiros em disputa: Flamengo, Palmeiras, Athletico, São Paulo, Internacional, Grêmio e Santos. Na Copa Sul-Americana, são apenas dois: Vasco da Gama e Bahia.

    Os clubes que quiserem recorrer à prerrogativa devem comunicar a solicitação a cada associação nacional — no caso do Brasil, a CBF. A entidade então irá gestionar com a Conmebol.

    Fonte: Site UOL

  • 26/03/2020
    Bayern, Dortmund, Leipzig e Leverkusen estudam fundo para clubes em crise:

    Berlim, 26 mar (EFE).- Bayern de Munique, Borussia Dortmund, RB Leipzig e Bayer Leverkusen estão estudando a criação de um fundo para ajudar os clubes da Alemanha que tiverem problemas econômicos devido a pandemia do novo coronavírus, segundo publicou nesta quinta-feira o jornal “Bild”. Os representantes do futebol tetracampeão na edição em suspenso da Liga dos Campeões já fizeram uma reunião na última semana para discutir o modelo de ajuda.

    O plano é baseado em uma reserva de 45 milhões de euros (R$ 247,1 milhões), da Liga Alemã de Futebol (DFL), criada para desenvolver projetos estratégicos, como um possível canal próprio de televisão.

    O dinheiro poderia ser distribuído entre os clubes, seguindo os parâmetros de divisão de receitas pelos direitos de transmissão do Campeonato Alemão e outras competições nacionais.

    Bayern, Dortmund, Leipzig e Leverkusen, quatro primeiros colocados na temporada passada e participantes da ‘Champions’, teriam direito a 12,5 milhões de euros (R$ 68,6 milhões) do total desse fundo.

    O quarteto, no entanto, estaria disposto a renunciar do montante e ainda fazer uma doação de 7,5 milhões de euros (R$ 41,1 milhões), para que a liga divida entre clubes da primeira e segunda divisão que estiverem em dificuldades.

    Fonte: Site UOL

  • 27/03/2020
    Dos calafrios à perda de sentidos: infectado, dirigente do Grêmio relata efeitos do coronavírus:

    Claudio Oderich começou a sentir sintomas da doença quatro dias depois de jantar que reuniu dirigentes da dupla Gre-Nal também doentes; ele diz que passa bem e aguarda fim de isolamento.

    Perda de olfato, paladar, calafrios e muita sede. Essa mistura de sensações pode descrever um paciente com coronavírus. Ainda mais quando são relatadas por quem sentiu na pele a doença que causa pânico no mundo inteiro. O GloboEsporte.com ouviu o vice-presidente do Grêmio, Claudio Oderich, um dos quatro dirigentes do clube diagnosticados com Covid-19.

    “Perdi o senso de aromas e sabores por oito ou nove dias. Não só perdi a vontade de comer, como não sentia sabor de nada e tinha muita sede”

    Além dele, o presidente Romildo Bolzan Júnior, o vice-presidente Marco Bobsin e o assessor adjunto da base Eduardo Fernandes contraíram a doença. A suspeita é que a transmissão a alguns dos infectados tenha ocorrido no jantar prévio ao Gre-Nal da Libertadores, no dia 11 de março, uma quarta-feira.

    Fonte: Site GE

  • 27/03/2020
    Pequenos cortam elencos em meio à paralisação, e jogadores vivem incerteza:

    Os grandes clubes do futebol brasileiro estão preocupados com as finanças em meio ao avanço do coronavírus que paralisou todas as atividades por tempo indeterminado. Redução parcial e provisória nos salários dos jogadores acima de R$ 40 mil, relaxamento no pagamento de direitos de imagem e antecipação de direitos de transmissão são algumas das medidas em análise, como mostrou o UOL Esporte.

    Mas o mundo é diferente do outro lado da ponte. Enquanto os donos das maiores receitas do esporte nacional planejam cortes salariais, tem time que está cortando o elenco inteiro em meio à paralisação.

    O caso é simples: a última contagem da CBF fala em 742 clubes profissionais de futebol, mas só 128 disputam o Campeonato Brasileiro, da Série A à Série D. Ou seja, mais de 80% das equipes não estão preparadas para pagar mais do que quatro ou cinco meses de salário ao ano, enquanto durarem os Estaduais. Um enorme grupo de jogadores profissionais e funcionários já começa a se inquietar em meio à pandemia.

    Para jogador de clube grande, a preocupação é o calendário, é manter a forma. Para jogador de clube pequeno é a sobrevivência, é não deixar a sua família passando necessidade.

    Entre depoimentos anônimos (como o anterior) e outros de cara limpa, como do meio-campista Kaio Wilker, do Rio Branco-PR, a conclusão é única: não está fácil para ninguém. Mas para alguns está pior ainda. “Só tínhamos essa competição para alcançar uma visibilidade. Era nosso prato de comida jogo após jogo. Agora nem sabemos se volta. É esperar essa pandemia sanar.”

    Fonte: Sie UOL

  • 27/03/2020
    Turner também rejeita ideia de retomada do mata-mata ao Brasileirão:

    Dona dos direitos de transmissão de 56 jogos do Brasileirão 2020 na TV por assinatura, a Turner também rejeita uma possível mudança de formato no Campeonato Brasileiro, saindo dos pontos corridos para o mata-mata. A mudança de formato pode reduzir pela metade as partidas a que o grupo tem direito, caso, por exemplo, apenas um turno seja realizado.

    Segundo apurou a coluna, executivos da empresa afirmam que, sem metade dos jogos, o valor repassado aos oito clubes que estão com a Turner (Athlético Paranaense, Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, Internacional, Palmeiras e Santos) seria reduzido. Seria uma consequência dura, por exemplo, para o Coritiba, que até o momento só tem contrato com a programadora —está sem fechar com a Globo para TV aberta e pay-per-view.

    Outros dois pontos são o prejuízo de grande e, por tabela, financeiro. Hoje, o Brasileirão é um dos principais produtos da programadora, junto com a Champions League, e tem alta procura comercial. Espera, então, a entrega de jogos prometida em seu pacote publicitário, que não é barato. Por fim, a Turner entende que a transmissão de jogos do mata-mata teria menos chance de acontecer na TNT. O canal teria que torcer para que dois clubes da emissora se enfrentassem. Procurada oficialmente, a Turner preferiu não comentar o assunto. (Por Gabriel Vaquer).

    Fonte: Site UOL

  • 27/03/2020
    Santo André considera não jogar mais o Paulistão caso torneio demore a voltar: “Seria injusto” – Time do ABC estava na liderança geral até a pausa; diretor prevê dificuldades financeiras:

    Dono da melhor campanha do Campeonato Paulista, o Santo André corre sérios riscos de perder quase seu elenco inteiro por conta da paralisação do futebol devido à pandemia do coronavírus. Isso porque o contrato da maioria de seus atletas acaba após o período que, inicialmente, o estadual se encerraria.

    Segundo Edgar Montemort, diretor de futebol da equipe, cerca de 20 jogadores terão seus vínculos com o clube encerrados no dia 10 de abril, incluindo o atacante Ronaldo, artilheiro da equipe no torneio. Caso a paralisação ultrapasse essa data, a situação pode piorar. O orçamento do clube foi previsto até o dia 29.

    Se demorar para retornar a competição, fica inviável a participação do Santo André de forma competitiva. Não só do Santo André, mas de qualquer clube médio ou pequeno. Eu acho que seria injusto o Santo André retornar na competição jogando com a base ou com um time contratado às pressas – completou.

    Fonte: Site UOL

  • 27/03/2020
    Bahia confirma férias para atletas e comissão técnica – Férias coletivas serão iniciadas no dia 1º de abril:

    Sem acordo coletivo com os jogadores de futebol das quatro divisões do Brasileirão, os clubes decidiram dar férias coletivas a partir do dia 1º até o dia 20 de abril. A iniciativa foi definida pela Comissão Nacional de Clubes, em reunião por videoconferência nesta última quinta-feira (26), com o Bahia sendo um dos representantes.

    Sem sucesso na tentativa de reduzir o salário dos atletas, os dirigentes dos clubes das Séries A, B, C e D precisarão negociar a situação individualmente com seus jogadores.

    A Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf), que representou os jogadores nas negociações, recusou a proposta de redução de 25% dos salários.

    Por sua vez, os clubes não aceitaram o pedido de 30 dias de férias, mais os 10 dias definidos para o período de festas de final de ano.

    No Bahia, os jogadores vão finalizar o planejamento de duas semanas de treinamentos em casa, orientados pela preparação física e departamento de fisiologia do clube, até o dia 30 de março.

    A partir do dia 1º de abril, os atletas estarão livres de atividades ordenadas pelo clube durante o período de 20 dias.

    Fonte: Site Ecbahia

  • 27/03/2020
    Mbappé realiza “doação muito grande” para ajudar pessoas necessitadas durante a pandemia:

    Nos últimos dias, diversas personalidades do esporte vêm se mobilizando para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus. Nesta sexta-feira, a Fundação Abbé Pierre, instituição francesa que presta auxílio a pessoas com necessidades habitacionais, anunciou que o atacante Kylian Mbappé realizou uma “doação muito grande”, mas sem revelar o valor.

    “Preocupado com as consequências da grave crise de saúde que atinge o nosso país, mas também com todas as conseqüências que isso pode gerar sobre as pessoas mais frágeis, Kylian Mbappé acaba de fazer uma doação muito grande para apoiar o trabalho da Fundação Abbé Pierre. Sua generosidade permitirá, em particular, implementar ações de primeiros socorros: acesso a água e higiene para pessoas em situações muito precárias, acesso a comida e abrigo para pessoas sem-teto. A Fundação agradece sinceramente a Kylian Mbappé por sua generosidade e atenção a pessoas em grande precariedade”, escreveu a instituição em comunicado.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 28/03/2020
    Presidente da Uefa admite que temporada europeia “provavelmente está perdida”:

    Aleksander Ceferin revela que há três datas para a retomada do futebol no continente, mas que melhor é que disputas das competições iniciem até fim de junho.

    Em entrevista ao jornal italiano La Repubblica deste sábado, o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, deu um diagnóstico difícil de admitir. Entre as três hipóteses de datas para a retomada do futebol na Europa, admitiu que “a temporada provavelmente está perdida”. Considerando que tudo depende de como vai evoluir a pandemia do novo coronavírus no continente, disse que as disputas de 2019/20 podem se perder se não puderem começar até o fim de junho.

    – Neste momento dramático, o mais importante é a saúde das pessoas e sair dessa crise. É claro que a interrupção do futebol simboliza que a Europa e o mundo pararam. Não sabemos quando essa pandemia terminará, mas temos um plano A, B e até C. Estamos em contato com as ligas, com os clubes, há um grupo de trabalho. Temos que esperar, como qualquer outro setor.

    Fonte: Site GE

  • 28/03/2020
    Mauro Cézar: “O brasileiro, quando rico, não é solidário, e nem o jogador”:

    A pandemia causada pelo coronavírus colocou os clubes de futebol em um cenário difícil: com os campeonatos parados, os times não arrecadam dinheiro e, consequentemente, se complicam para pagar os salários dos jogadores. Para alguns atletas donos de fortunas, não seria problema a redução de salário proposta pelas agremiações. Pelo contrário: esses profissionais poderiam se solidarizar com pessoas estão sofrendo mais gravemente com a covid-19. Mas será que isso acontece? Blogueiro do UOL Esporte, Mauro Cézar deu sua opinião sobre o tema.

    “Não me lembro de nenhum dos grandes jogadores brasileiros ajudando o movimento do Bom Senso, que defendia os jogadores de classe mais baixa e que .

    “Os próprios empresários brasileiros não costumam ser doadores, nos Estados Unidos é mais comum eles ajudarem universidades. Não acho que é só o jogador, de não ser solidário quando rico”, acrescentou o blogueiro.

    O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, por exemplo, doou 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões) para comprar suprimentos médicos na luta contra a pandemia do novo coronavírus. O dinheiro foi direcionado para a Fundação Ángel Soler Daniel, que administra a Faculdade de Medicina de Barcelona.

    A quantia é para a compra e produção de materiais e equipamentos de saúde. Além disso, também servirá para financiar a produção alternativa de respiradores e outros elementos de proteção para os profissionais de saúde.

    Fonte: Site UOL

  • 28/03/2020
    René Simões é diagnosticado com coronavírus:

    O técnico René Simões anunciou neste sábado que testou positivo para covid-19. Por meio de suas redes sociais, o comandante disse que foi ao hospital no dia 16 de março, pois estava com os sintomas da doença, mas apenas hoje saiu o resultado do exame.

    “Fui ao hospital no dia 16 e me testaram. Por precaução, mesmo não sabendo o resultado, fiquei em isolamento no meu quarto. Não saí dele e tinha tudo separado para mim dentro de casa. Tudo era higienizado e ninguém entrava no quarto. Somente hoje (sábado) recebi o resultado que foi positivo. Como o vírus demora a se manifestar, mesmo tendo mais de quatorze dias seguirei na prevenção e só sairei no dia 30 do isolamento”, relatou.

    Aos 67 anos, René disse que no primeiro dia sentiu muita dor de cabeça, que a sua garganta começou a inflamar e apresentou uma febre baixa de 37,4 graus. “Depois fiz tudo normalmente. Pensando em como daria a notícia, resolvi pegar a minha amada bola de futebol e fazer a comunicação juntos. Agradecendo a Deus por mais essa vitória. Fiquem bem e os em risco devem ser precavidos.” , completou.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 28/03/2020
    CBF garante datas para estaduais. Ferj diz: ‘Carioca se decidirá no campo’:

    A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) assegurou às federações que disponibilizará datas para que os campeonatos estaduais sejam finalizados após a paralisação em função da pandemia do novo Coronavírus.

    Em conversa com o UOL Esporte, o presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, revelou a promessa da CBF e assegurou que não cogita definir o Campeonato Carioca de 2020 em uma disputa fora das quatro linhas.

    A Federação Mineira de Futebol (FMF) ecoa a promessa da CBF para o cumprimento da tabela do campeonato local, conforme antecipou a coluna De Primeira. Um dos motivos é o fato de a Globo já ter desembolsado o valor dos direitos de transmissão para os 12 participantes, inclusive os times de menor expressão, na íntegra. O montante foi pago antes do início da competição.

    “O valor já foi pago. Ele é pago no início da competição. No Mineiro, o pagamento sempre é feito no início da competição. Então como vai acabar o campeonato sem ser transmitido? Devolverão o dinheiro à Globo?”, indagou Leonardo Barbosa, diretor de competições da FMF. Barbosa afirmou, ainda, que a CBF os Estaduais serão finalizados antes da primeira rodada do principal campeonato do país.

    Fonte: Site UOL

  • 28/03/2020
    Jürgen Klopp chamou Liverpool x Atlético de Madrid de “ato criminoso”, segundo Carlo Ancelotti:

    Em entrevista ao “Corriere dello Sport” técnico do Everton revela conversa com colega do Liverpool sobre partida da Champions League.

    Técnico do Everton, o italiano Carlo Ancelotti afirmou, em entrevista ao jornal “Corriere dello Sport”, que o treinador do Liverpool, Jürgen Klopp, considerou a realização do jogo contra o Atlético de Madrid, há duas semanas, um “ato criminoso”.

    A partida, no dia 11 de março, em um Anfield lotado, marcou a eliminação do Liverpool nas oitavas de final da Champions League, derrotado por 3 a 2 pelo Atlético, na prorrogação. Klopp, segundo Ancelotti, se queixou do clima de insegurança já vivido na Europa, especialmente na Espanha, por causa do coronavírus.

    – Klopp me disse que ter disputado aquele Liverpool x Atlético naquelas condições foi um ato criminoso. Eu penso que ele tem razão – afirmou Ancelotti.

    Fonte: Site GE

  • 29/03/2020
    Clubes da Série D pedem à CBF manutenção da fórmula e suporte financeiro:

    Os capitães das 68 equipes que disputarão a Série D do Campeonato Brasileiro deste ano assinaram uma carta pedindo atenção da CBF ao torneio. No texto, eles pedem que a entidade máxima do futebol brasileiro mantenha a fórmula de disputa previamente acordada e dê suporte financeiro aos clubes por causa da paralisação pela pandemia causada pelo “Coronavírus“.

    A Série D teria uma fórmula nova de disputa para essa temporada. Oito times disputariam uma frase preliminar, que classificaria para a seguinte com os times divididos em oito grupos. Depois disso, teriam os mata-matas de segunda fase, oitavas de final, quartas de final, semifinal e a final. Quatro times sobem para a Série C.

    “A grande maioria dos clubes que participa do Campeonato Brasileiro Série D de 2020 é clubes com baixa arrecadação, o que acarreta sérias dificuldades de arcar com o pagamento de nossa remuneração (salários e direitos de imagem) e encargos trabalhistas. Se os clubes que participam do Campeonato Brasileiro Série D de 2020 não tiverem o mínimo suporte neste momento tão delicado, nossos empregos correm sérios riscos, o que causaria danos sociais irreparáveis. Diferentemente dos Clubes das Séries A, B e C, os Clubes da Série D não possuem nenhum tipo de Cotas”, prosseguem os capitães na carta.

    Fonte: Site UOL

  • 29/03/2020
    Corinthians abre Arena para edição emergencial de campanha de doação de sangue; veja datas – Clube coloca em prática medidas de auxílio no combate à pandemia do coronavírus:

    O Corinthians anunciou que vai abrir sua Arena nos dias 7, 8 e 9 de abril para receber doações de sangue e auxiliar no combate à pandemia do coronavírus. Será uma edição emergencial da campanha “Sangue Corinthiano”, que o clube já promove há alguns anos.

    As doações deverão ser agendadas para evitar aglomerações na Arena e seguir todos os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde. Mais detalhes serão passados nos próximos dias.

    Além disso, o presidente Andrés Sanchez já havia colocado a sede social do Parque São Jorge e o CT Joaquim Grava à disposição das autoridades, para que possam utilizar os espaços no auxílio do tratamento dos infectados pelo COVID-19.

    Fonte: Site GE

  • 30/03/2020
    Europa cogita calendário igual ao do Brasil até Copa do Mundo de 2022:

    Técnico André Villas Boas, do Olympique de Marselha, sugere fazer futebol de janeiro a dezembro até o final da Copa do Catar, daqui a dois anos e meio.

    A lógica do técnico português é que a Copa do Mundo de 2022 acontecerá no Catar entre 21 de novembro e 18 de dezembro. Ou seja, haverá um problema de calendário na temporada 2022/23, que pode começar a ser resolvido pela situação de emergência produzida pelo coronavírus. O futebol europeu teria temporada 2021 até novembro e 2022 também até o décimo primeiro mês do ano da Copa do Mundo.

    Haveria uma temporada intermediária no primeiro semestre de 2023 e a Europa só voltaria ao calendário normal, com férias no verão, a partir de 2023/24. A jornal A Bola, em sua edição de domingo (29), deu destaque a ideia com o título: “E a Europa virar… Brasil?” Não é provável que a ideia seja adotada pela Uefa, mas o presidente da Fifa, Gianni Infantino, falou à Gazzetta dello Sport, segunda-feira (23) sobre adaptações de calendário depois da crise da Covid-19.

    O mais estranho da ideia, é alguém na Europa cogitar abrasileirar o calendário europeu, enquanto cogitamos no Brasil adaptar o calendário ao europeu.

    Fonte: Site GE

  • 30/03/2020
    Olimpíadas de Tóquio têm nova data: 23 de julho a 8 de agosto de 2021 – Nova data dos Jogos é confirmada após adiamento por conta da pandemia de coronavírus:

    As Olimpíadas e as Paralimpíadas de Tóquio têm uma nova data. Nesta segunda-feira, os Jogos Olímpicos foram confirmados para serem realizados entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021 na capital japonesa. Os Jogos Paralímpicos serão entre os dias 24 de agosto e 5 de setembro. A decisão foi tomada após estudos e negociações entre o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, e dirigentes das federações esportivas e de comitês nacionais. A nova data cumpre a promessa do COI de que os Jogos seriam realizados até o verão de 2021.

    Fonte: Site GE

  • 30/03/2020
    Clubes cearenses são primeiros da Série A a fechar acordo com atletas:

    Ceará e Fortaleza largaram na frente dos demais participantes da Série A do Campeonato Brasileiro e foram os primeiros a acertar novas minutas contratuais com os seus jogadores e treinadores. Palmeiras, Flamengo, Fluminense, Internacional e Grêmio também conversam a fim de acertar mudanças nos compromissos com os atletas.

    *Veja nos dois comentários seguintes como ficaram os acordos com os atletas.

    Fonte: Site UOL

  • 30/03/2020
    Acordo entre Ceará e atletas:

    O Ceará definiu o acordo com os atletas da seguinte forma: as férias serão entre 1º de abril e 20 de abril, com a possibilidade de serem estendidas até 30 do mesmo mês.

    Os pagamentos de abril, referentes ao mês de março, serão feitos da seguinte forma: 75% do salário na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) será quitado em 20 de abril e 75% dos direitos de imagem (75%) serão pagos em 30 de abril. Os 25% restantes da CLT e da Imagem serão diluídos nos pagamentos dos atletas a partir de julho.

    O pagamento de maio, referente ao mês de abril, também será dividido. 75% do salário na CLT e das férias serão pagos em 20 de maio e 75% dos direitos de imagem serão pagos em 30 do mesmo mês. Dos 25% restantes de salário na CLT e imagem, os atletas abriram mão de 10%. Portanto, receberão 15% do complemento do salário a partir de julho. O valor também será diluído ao longo do contrato.

    Fonte: Site UOL

  • Acordo entre Fortaleza e atletas:

    A situação do Fortaleza é semelhante à do rival. As férias foram determinadas entre 1º de abril e 20 de abril. Há também a possibilidade de estender o descanso até 30 de abril, caso a situação de disseminação do coronavírus ainda não esteja controlada.

    O pagamento das férias será feito até 20 de maio de 2020. O contrato estabelece ainda que “o pagamento da quantia devida a título de adicional de férias (1/3 constitucional) será paga pelo Fortaleza aos atletas até a data limite para pagamento da gratificação natalina conforme redação do Art. 8º da Medida Provisória nº. 927 de 22/03/2020”.

    Em relação aos salários, ficou estabelecido que os jogadores receberão, em abril (referente ao mês anterior), 75% dos vencimentos – incluindo valor na CLT e direitos de imagem. Os outros 25% serão pagos de forma parcelada na totalidade dos meses restantes do ano de 2020, a contar do mês de retorno das atividades do Fortaleza.

    A folha salarial de maio, referente ao mês de abril, também será reduzida. Os atletas receberão 75% dos salários – incluindo CLT e imagem. Como abdicaram de 10% do valor, receberão os outros 15% diluídos durante 2020. O restante será quitado somente após o retorno das atividades do clube.

    Diferentemente do ocorrido no rival, os jogadores do Fortaleza só abrem mão dos 10% se não houver ajuda financeira espontânea da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ao clube. Se a entidade decidir auxiliar financeiramente a equipe, os atletas não terão de renunciar ao montante.

    Fonte: Site UOL

  • 30/03/2020
    Coronavírus: negociação entre clubes e atletas esqueceu futebol feminino:

    A pandemia causada pelo novo coronavírus paralisou o futebol brasileiro e forçou clubes e atletas a negociar soluções para diminuir os impactos do COVID-19 nos salários dos atletas e nos orçamentos das agremiações. Mas apuração conjunta entre os blogs Dibradoras e Lei em Campo mostra que a situação do futebol feminino no Brasil não entrou na pauta das discussões e as jogadoras estão excluídas deste processo até o momento.

    As reuniões se iniciaram em 20 de março e de lá para cá houve pelo menos três encontros por meio de videoconferência entre dirigentes de clubes e entidades que representam os jogadores que atuam no futebol brasileiro. E somente na quinta-feira da semana passada (26) que a situação das jogadoras foi levantada pela Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF). A partir daí, tanto CBF quanto a Comissão Nacional de Clubes prometeram olhar com mais carinho para as jogadoras que disputam o Campeonato Brasileiro da Série A e da Série B.

    Fonte: Site UOL

  • 30/03/2020
    Corinthians irá abrir Arena por 3 dias para campanha de doação de sangue:

    O Corinthians anunciou hoje (30) o início de uma campanha emergencial de doação de sangue em meio à pandemia do coronavírus. A ação vai acontecer na Arena Corinthians, entre os dias 7 e 9 de abril. Os doadores terão 4h30 (das 8h30 às 13h) em cada um desses dias para participar da campanha. Antes, será necessário fazer uma inscrição no site http://www.corinthians.doandosangue.com.br.

    “A campanha de doação de sangue chega num momento em que os estoques nos hemocentros dos hospitais atingem níveis críticos. A ação irá abastecer os hemocentros Colsan, Banco Paulista, Fundação Pró-Sangue e São Lucas, que atendem diversos hospitais na cidade de São Paulo”, ressaltou o Corinthians em nota.

    No início da crise do coronavírus, o Corinthians disponibilizou suas instalações do poder público para ajudar a combater a doença. Além da Arena, o clube colocou o CT Joaqui Grava e sua sede social à disposição.

    Fonte: Site UOL

  • 30/03/2020
    Capitão do Aston Villa se desculpa por causar acidente após descumprir quarentena:

    No último domingo, o meio-campista Jack Grealish, capitão do Aston Villa, causou um acidente automobilístico ao sair de casa para encontrar um amigo e descumprir as medidas de quarentena impostas pelo governo britânico. Nesta segunda-feira, o jogador postou um vídeo em suas redes sociais pedindo desculpa pelo ocorrido.

    “É muito difícil para todos ficar tanto tempo dentro de casa. Um amigo meu me chamou para visitá-lo e eu aceitei estupidamente. Não quero que ninguém cometa o mesmo erro que eu, então peço a todos para ficarem em casa e seguirem as regras que nos impõem. Espero que todos possam aceitar minhas desculpas”, disse.

    Pouco depois da mensagem de Grealish, o Aston Villa emitiu um comunicado oficial sobre a situação, no qual afirma que o clube está “profundamente decepcionado” e que o atleta vai ser multado. O dinheiro da multa será doado para hospitais de Birmingham, local onde aconteceu o acidente.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 31/03/2020
    Presidente do Tottenham anuncia cortes salariais e diz: “Futebol não pode operar em uma bolha”:

    Daniel Levy fica estarrecido com especulações de transferências e diz que medida, que exclui o elenco e comissão técnica, é para proteger empregos.

    Enquanto o Barcelona, por intermédio de Messi, anunciou que os jogadores fizeram uma redução salarial para ajudar o pagamento de funcionários do clube, o Tottenham fez, de certa forma, o oposto. O clube de Londres impôs um corte salarial de 20% nos meses de abril e maio a 550 funcionários do clube devido à pandemia do novo coronavírus.

    Levy disse que as operações do clube do norte de Londres cessaram efetivamente, alguns torcedores perderam o emprego e os patrocinadores estavam preocupados com seus negócios.

    Outros grandes clubes europeus também se mexeram para reduzir seus custos. Além do Barcelona, ​​Bayern de Munique e Juventus estão entre os que reduziram os salários de jogadores e funcionários para reduzir custos.

    – Não tenho dúvidas de que passaremos por essa crise, mas a vida levará algum tempo para voltar ao normal – disse Levy.

    Fonte: Site GE

  • 31/03/2020
    Ajax vai cancelar contrato de jogador que saiu do coma após dois anos e nove meses:

    Decisão também vale para outros atletas do elenco que estão com contrato por encerrar em 1º de julho de 2020. Família de Nouri vai processar clube holandês.

    O Ajax vai cancelar o contrato do meia Abdelhak Nouri, jogador que na semana passada acordou de um coma induzido de dois anos e nove meses. Nouri sofreu um arritmia cardíaca durante um amistoso de pré-temporada do Ajax em 8 de julho de 2017.

    A decisão de cancelar o contrato, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”, se dá por conta de uma política de redução de custos por conta da pandemia do novo coronavírus. Assim como Nouri, outros atletas, entre eles o veterano Babel, que tem contrato até 1º de julho de 2020, terão seus vínculos rescindidos para que não haja a renovação automática de mais um ano.

    Fonte: Site UOL

  • ED, DÁ PRA VC FORNECER UM PANORAMA DA SITUAÇÃO DA QUARENTENA EM SALVADOR?
    OUVI FALAR HOJE QUE VÃO CONTINUAR COM TUDO FECHADO POR MAIS UMA SEMANA….EU TO SEM TER COMO AGIR, PRECISO IR NA CAPITAL A TRABALHO PEGAR UNS SERVIÇOS FOTOGRAFICOS MAS NÃO EXISTE TRANSPORTE DO INTERIOR PRA CAPITAL…PARECE QUE OS FERRY E LANCHAS ESTÃO PARADAS..TUDDO MUITO CONFUSO…

    • Prefeito de Salvador anuncia que renovará decreto que suspende aulas e funcionamento de cinemas e academias
      Decreto começou em 18 de março vence em 1º de abril. ACM Neto anunciou prorrogação das medidas em coletiva nesta terça-feira (31).

      O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou em coletiva, nesta terça-feira (31), que renovará por mais 15 dias o decreto que suspende as aulas das redes municipal e particular da capital baiana, além do funcionamento de cinemas e academias.

      Segundo ACM Neto, o decreto que passou a vigorar a partir de 18 de março, vence na quarta-feira (1º), mas ele já antecipou que a medida será prorrogada. O decreto é uma forma de de evitar aglomerações e consequentemente a disseminação do novo coronavírus. Até a manhã desta terça-feira, o número de pacientes infectados pelo Covid-19 na Bahia passava de 170.

      Fique em casa Flori!

  • 31/03/2020
    José Dalai Rocha, presidente do Cruzeiro, é diagnosticado com coronavírus:

    Segundo filho de Dalai, resultado do exame saiu nesta terça-feira; presidente interino do clube celeste tem 81 anos.

    O Cruzeiro tem mais um caso positivo para o novo coronavírus em sua alta cúpula. Desta vez é o presidente interino da Raposa, José Dalai Rocha, que foi diagnosticado nesta terça-feira, após exames, com o vírus que causou uma pandemia.

    Quem confirmou a informação foi o jornalista Fernando Rocha, filho de Dalai, por meio do Twitter. Há pelo menos duas semanas Dalai Rocha e membros do conselho gestor já estavam trabalhando em casa por causa da pandemia. A maioria dos membros faz parte do grupo de risco, por terem mais de 60 anos.

    Posteriormente, ao confirmar o diagnóstico de Dalai, o Cruzeiro também informou que Alexandre Faria, membro do conselho gestor do clube, também está com COVID-19. A esposa e a filha dele também testaram positivo para a doença.

    Fonte: Site GE

  • 31/03/2020
    Fifa vai criar fundo de emergência para ajudar o mundo futebol, diz jornal:

    A Fifa vai criar um fundo de ajuda emergencial com o objetivo de dar um fôlego financeiro para clubes, ligas e federações para diminuir os efeitos da crise econômica em todo o mundo por conta do novo coronavírus. É o que afirma o jornal “The New York Times”, em matéria publicada nesta terça-feira (31).

    “A Fifa está em uma situação financeira forte, e é nosso dever fazer o máximo para ajudar em uma hora de necessidade. Portanto, confirmamos que a Fifa está trabalhando em possibilidades de dar assistência à comunidade do futebol em todo o mundo, após fazer uma avaliação abrangente do impacto financeiro que essa pandemia terá no futebol”, diz a nota da Fifa, publicada pelo jornal. A entidade é presidida pelo suíço-italiano Gianni Infantino.

    A ideia da Fifa é reservar “centena milhões de dólares” do seu caixa, que teria US$ 2,7 bilhões de reserva. A criação do fundo emergencial precisa ser aprovada pelo conselho da entidade. Todos os campeonatos de futebol do mundo estão suspensos.

    Fonte: Site Bahia Notícias

  • 31/03/2020
    Conmebol estuda prorrogar suspensão da Libertadores:

    A Conmebol estuda ampliar a suspensão da Copa Libertadores por conta do agravamento da pandemia do coronavírus na América do Sul. O prazo inicial expira no dia 5 de maio. De acordo com o GloboEsporte.com, a entidade avalia que será muito difícil da bola voltar a rolar neste prazo em todos os 10 países da região: Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela.

    Para a bola voltar a rolar, é necessário que as fronteiras entre todos os países sejam reabertas.

    Até o momento da suspensão, haviam sido disputadas duas rodadas da fase de grupos.

    Fonte: Site Bahia Notícias

  • 31/03/2020
    Times da China retomam seus treinos, mas ainda não há datas certas para jogos:

    Em meio às medidas de controle da disseminação do coronavírus no país, a China vem adaptando a rotina dos atletas e estipulando prazos para a normalização das atividades. Times como o Shandong Luneng e o Guangzhou Evergrande retomaram seus treinos com as equipes após suspensão das atividades.

    De acordo com a imprensa chinesa, os jogadores passaram por testes físicos para só então voltarem a treinar. Entretanto, o governo informou que eventos que reúnem multidões, como eventos esportivos, ainda vão permanecer suspensos, por enquanto.

    Um comunicado oficial emitido pela Administração Geral do Esporte da China anunciou nesta terça-feira (31) que a pausa continuará para prevenção e controle sobre a pandemia. A previsão inicial era que a Superliga de futebol do país, que devia ter começado em fevereiro, fosse retomada no final de abril. Mas, com a medida de que os eventos permanecem suspensos, os jogos podem ser adiados mais uma vez.

    Nesta semana, a China decidiu fechar suas fronteiras para evitar a contaminação comunitária. Alguns atletas, como os jogadores Hulk e Oscar, que jogam pelo Shangai SIPG, precisaram correr para retornar ao país. Todos que entraram recentemente no país ficaram em quarentena pelos próximos 14 dias.

    Fonte: Site Bahia Notícias

  • 01/04/2020
    São Paulo confirma férias aos atletas a partir desta quinta-feira:

    Através de nota em seu site oficial, nesta quarta-feira, o São Paulo confirmou que concederá férias aos atletas, integrantes da comissão técnica e demais funcionários do Departamento de Futebol. Em meio à paralisação no calendário por conta da pandemia da covid-19, o são-paulinos iniciarão o período de férias nesta quinta-feira (02), e voltam às atividades no próximo dia 21 de abril.

    A decisão do clube segue uma orientação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o acordo entre os clubes, que definiram conceder 20 dias de férias coletivas para os atletas.

    Na capital paulista, epicentro da doença no Brasil, o São Paulo está com as atividades suspensas em seu CT desde o dia 16 de março. Desta forma, os atletas estão em distanciamento social desde então e praticam exercícios físicos em suas residências para manter a forma física. Apesar das férias, o clube segue com a orientação para os atletas se cuidarem, e disponibilizou uma planilha de acompanhamento físico.

    Fonte:Site Gazeta Esportiva

  • 01/04/2020
    Patrocinadora suspende contrato com o Santos até o fim da quarentena:

    A Autoridade de Turismo da Tailândia (TAT) suspendeu o contrato de patrocínio no Santos até o fim da quarentena em meio ao novo coronavírus, à espera da retomada do futebol no Brasil e a reabertura dos aeroportos.

    O Peixe entendeu perfeitamente a situação, já que é inviável fazer propaganda de um destino fechado neste período. As partes combinaram de reativar a parceria assim que a crise acabar.

    A TAT está nas omoplatas de todos os uniformes das categorias de base do Alvinegro. O contrato foi firmado em janeiro e vale até o fim de 2020.

    O Santos mantém contato frequente com os patrocinadores relacionados ao elenco profissional para minimizar os efeitos econômicos da pandemia. Uma das alternativas é divulgar a empresa de forma periódica pelas redes sociais.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 01/04/2020
    Federação Italiana estuda retorno do futebol no dia 20 de maio:

    O presidente da Federação Italiana de Futebol, Gabriele Gravina, revelou nesta quarta-feira que está analisando opções para o retorno do Campeonato Italiano e que uma das ideais é retomar a competição no dia 20 de maio.

    “Hoje ninguém pode fazer previsões até que tenhamos essa emergência de saúde. É uma emergência única, que afetou todos os setores. Mas, assim que for superada, devemos avançar e o futebol está pensando em como retomar a competição. A prioridade absoluta é terminar o campeonato. Até 18 de abril, deve haver isolamento total. A hipótese é começar em 20 de maio ou, como última opção, no início de junho, terminar em julho”, disse.

    O Campeonato Italiano está paralisado desde o dia 9 de março devido a pandemia do coronavírus, que já vitimou mais de 13 mil pessoas na Itália. Até o momento, a Juventus lidera o torneio, mas o presidente também afirmou que, em caso de não retorno, o título não será da Velha Senhora.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 01/04/2020
    Futebol na Rússia é suspenso até o dia 31 de maio por causa da Covid-19:

    Moscou, 1 abr (EFE).- A União de Futebol da Rússia (UFR) suspendeu nesta quarta-feira as competições nacionais, inclusive o campeonato da primeira divisão, até 31 de maio, por causa da propagação do novo coronavírus no país.

    Em comunicado, a entidade aponta que a epidemia do novo coronavírus é uma circunstância irreversível e um assunto de força maior, que impossibilita a prática da modalidade.

    No texto, a UFR aponta, no entanto, que a paralisação das competições não é motivo para romper contratos de maneira unilateral e recomendou que os clubes reduzam os gastos possíveis.

    Os jogadores do Spartak Moscou já anunciaram acordo para redução de 40% dos salários, durante o período sem disputa de jogos.

    O Zenit São Petersburgo lidera a primeira divisão com nove pontos de vantagem sobre o segundo e o terceiro colocados, Lokomotiv Moscou e Krasnodar, respectivamente, quando faltam oito rodadas para o fim da temporada.

    Fonte: Site UOL

  • 02/04/2020
    Belarus mantém futebol, mas enfrenta ira de sindicato e greve de torcedores:

    Único país da Europa que não paralisou suas competições profissionais de futebol em virtude da pandemia do novo coronavírus (covid-19), Belarus agora enfrenta um movimento de greve dos torcedores.

    Os ultras (uma espécie de versão europeia das torcidas organizadas) de dois dos 16 clubes da primeira divisão do país anunciaram nesta semana que não vão mais acompanhar as partidas de suas equipes em protesto contra a realização da competição nesse cenário de proliferação do vírus.

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), Belarus já registrou mais de 150 casos positivos da covid-19, mas ainda não teve nenhuma morte comprovada em decorrência da doença.

    Fonte: Site UOL

  • 02/04/2020
    Itália prorroga confinamento e atletas continuam proibidos de treinar em grupo:

    Jogadores de futebol e atletas italianos em geral não poderão treinar em grupos, depois que o chefe do governo Giuseppe Conte anunciou uma prorrogação do confinamento do país até 13 de abril.

    Todo o esporte na Itália foi suspenso de março a 3 de abril como resultado da pandemia do novo coronavírus que matou 13.115 pessoas no país, o mais afetado pela Covid-19.

    Em uma mensagem televisionada para toda a nação, Conte anunciou que o período de confinamento tinha que ser estendido, incluindo a impossibilidade de treinar agora.

    “Eventos esportivos e competições de todos os tipos e disciplinas seguem suspensos, tanto em locais públicos quanto privados”, disse Conte. “As sessões de treinamento para atletas profissionais e não profissionais também seguem suspensas em qualquer tipo de instalação esportiva”, acrescentou. Os atletas poderão continuar treinando individualmente.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 02/04/2020
    Ninguém sabe o que fazer com o calendário do futebol:

    Diante da pandemia o mundo só tem interrogações. As respostas só podem ser dadas pela ciência e o papel dos governantes é obedecê-las.

    No esporte não poderia ser diferente e a prova disso é que ninguém sabe o que fazer com os campeonatos que estavam em andamento e os que estavam por vir.

    A querida ouvinte e o caríssimo ouvinte bem sabem que jamais passei pano nos cartolas.

    Mas seria injusto exigir deles o que eles não podem resolver?

    Até quando a pandemia impedirá a vida normal dos países?

    Ninguém sabe. Como esperar que as federações saibam?

    A mais organizada entidade do futebol mundial, a UEFA, a União Europeia, não sabe.

    Imaginar que a CBF tenha uma pálida ideia do que fazer exige imaginação maior que a de Júlio Verne.

    E se alguém não sabe quem foi Júlio Verne, procure saber.

    E aproveite o tempo em casa para lê-lo.

    Fonte: Blog do Juca Kfouri

  • 03/04/2020
    Campeonato Inglês negocia redução de 30% dos salários de seus jogadores:

    Para amenizar os impactos financeiros causados pelo coronavírus, o Campeonato Inglês revelou nesta sexta-feira que seus clubes consultarão os jogadores para negociar uma proposta de redução de 30% dos salários, além de destacar que a temporada está suspensa por tempo indeterminado.

    “Os clubes da Premier League concordaram unanimemente em consultar seus jogadores quanto a uma combinação de reduções condicionais e adiamentos representando 30 por cento da remuneração anual total”, informa o comunicado. As conversas com os clubes do campeonato terão sequência no sábado.

    A nota ainda acrescenta que os times realizaram um gesto de solidariedade com as equipes das divisões inferiores. Como eles estão passando por uma crise de fluxo de caixa, os clubes da elite aprovaram um adiantamento de cerca de 153 milhões de dólares (aproximadamente 818 milhões de reais) para as ligas menores.

    Oitavo colocado do Campeonato Inglês, o Tottenham foi um dos clubes que já tomou uma iniciativa quanto aos salários de seus atletas. Na última terça, o time anunciou um corte salarial de 20% de seus funcionários nos meses de abril e maio.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 03/04/2020
    Campeonato Inglês é suspenso por tempo indeterminado:

    Autoridades e clubes se reuniram nesta sexta-feira para decidir o futuro do Campeonato Inglês. Após o termino do encontro, a Premier League emitiu uma nota oficial suspendendo a competição por tempo indeterminado.

    No comunicado, foi explicitado que, em meio à crise do novo coronavírus, a preocupação maior é com a saúde dos envolvidos.

    “Em primeiro lugar, reafirmou-se que a principal prioridade é ajudar a saúde e o bem-estar da nação e de nossas comunidades, incluindo jogadores, treinadores, gerentes, funcionários do clube e torcedores”, escreveram.

    Também foi definido que a competição só será retomada quando for “quando é seguro e apropriado”. O planejamento inicial era que Campeonato Inglês voltaria no começo de maio.

    A nota emitida ainda falou a respeito do futuro dos torneios.

    “Existe um objetivo combinado de todos os jogos da liga e da copa remanescentes a serem disputados, o que nos permite manter a integridade de cada competição”, escreveram.

    Por fim, foi anunciado que clubes das outras divisões da Inglaterra receberão uma ajuda financeira.

    “Foi votado, por unanimidade, no adiantamento de fundos de £125 milhões (aproximadamente R$ 810 milhões), pois está ciente das graves dificuldades que os clubes estão sofrendo neste momento”, concluíram.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 03/04/2020
    Fifa adia todos os jogos internacionais previstos para junho:

    Um grupo de trabalho da Fifa recomendou nesta sexta-feira o adiamento de todos os jogos internacionais agendados para junho devido à pandemia de coronavírus, que forçou a interrupção de praticamente todos os campeonatos nacionais de futebol em todo o mundo.

    “O grupo de trabalho criado pelo escritório do conselho da Fifa para avaliar as consequências da pandemia da covid-19 aprovou por unanimidade uma série de recomendações após sua primeira reunião, organizada por videoconferência”, afirmou a Fifa em um comunicado.

    Entre suas recomendações, que serão adotadas pela Fifa, estão o adiamento das partidas masculinas e femininas, marcadas para junho, uma decisão que a Uefa já tomou na quarta-feira.

    Fonte: Site UOL

  • 03/04/2020
    Drogba, Eto’o e Demba Ba se revoltam com sugestão de testes de vacina na África: “Filhos da p…”

    Ícones do futebol africano criticam duramente a fala de médicos franceses, que propuseram testar capacidade da BCG para combater o coronavírus no continente.

    Três das maiores referências do futebol africano neste século se juntaram para mostrar revolta com uma fala de dois médicos na TV francesa sobre possíveis testes com uma vacina no continente. Drogba, Eto’o e Demba Ba usaram as redes sociais para desabafar sobre o preconceito e não pouparam palavras.

    – Filhos da p… – resumiu Eto’o.

    A origem das reclamações foi um vídeo de um programa do canal LCI, da França, na qual dois médicos conversam sobre a possibilidade de a vacina BCG poder combater o novo coronavírus. Um deles, então, propõe que os testes deveriam ser feitos no continente africano, “onde não há máscaras nem tratamento nem reanimação”.

    O vídeo foi postado por Demba Ba, que fez uma postagem chamando a atenção para o preconceito demonstrado na fala – Eto’o comentou na sequência, com o xingamento aos médicos.

    – Bem-vindo ao Ocidente, onde os brancos se consideram tão superiores que o racismo e a debilidade são banalizados. Hora de se levantar! – escreveu.

    Depois, foi a vez de Drogba se pronunciar em suas redes sociais. Em texto mais longo, o marfinense afirmou que a “a África não é um laboratório de testes” e que as falas dos médicos são racistas e humilhantes. E pediu que todos ajudem a combater a COVID-19 também no continente.

    – Nos deixe nos salvar deste vírus louco, que está abalando a economia mundial e devastando a saúde da população pelo mundo. Não tomem os africanos como cobaias humanas! É absolutamente nojento… Os líderes africanos têm a responsabilidade de proteger a população dessas conspirações horríveis. Que Deus nos proteja – escreveu o ex-jogador.

    Fonte: Site GE

  • 04/04/2020
    Pesquisa com atletas do Brasil aponta que 96% são a favor do isolamento social:

    Com opinião de 209 desportistas, levantamento do GloboEsporte.com também aborda locais de treinamento durante a pandemia: 89% estão “trabalhando” em casa.

    De acordo com pesquisa elaborada e aplicada pelo GloboEsporte.com, 96% de 209 atletas brasileiros de modalidades olímpicas são a favor do isolamento social, uma orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde do Brasil e de líderes de outros países para achatar a curva de crescimento do número de infectados pelo coronavírus. Participaram do levantamento desportistas já classificados ou na briga por uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio, que foram adiadas para 2021.

    A apuracão dos dados aconteceu entre as últimas terça-feira (31/3) e sexta-feira (3/4). Os atletas responderam “sim” ou “não” a dez perguntas envolvendo os desdobramentos no esporte da pandemia global que causou o adiamento dos Jogos Olímpicos pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial.

    Ao serem questionados se concordam com o isolamento social e o consideram necessário para conter a pandemia do coronavírus, 96% disseram “sim” e 4% responderam “não”.

    Fonte: Site GE

  • 04/04/2020
    Em meio ao coronavírus, Eintracht Frankfurt retorna aos treinos na Alemanha:

    Seguindo os passos do Schalke 04, na última sexta-feira, o Eintracht Frankfurt voltou aos treinos após quase três semanas de suspensão por conta da pandemia do novo coronavírus.

    No entanto, obedecendo às normas das autoridades alemãs para evitar a propagação da doença, as atividades realizadas foram limitadas. Os atletas foram divididos em grupos e fizeram apenas treinos físicos no ginásio e trabalharam no campo, já que não podiam praticar atividades de contato.

    Fonte: Site Gazeta Esportiva

  • 04/04/2020
    Jogador sérvio, do Al-Ittihad, é preso por violar toque de recolher em Belgrado:

    Aleksandar Prijovic foi detido enquanto bebia com outras pessoas no restaurante de um hotel da cidade.

    O sérvio Aleksandar Prijovic, atacante do Al-Ittihad, da Arábia Saudita, foi preso nesta sexta-feira à noite por violar o toque de recolher. O anúncio foi feito, neste sábado, 4, pela polícia sérvia.

    “Prijovic foi preso junto de várias outras pessoas e todos foram levados para o escritório do promotor”, disse Vladimir Rebic, diretor de polícia, a uma emissora de televisão sérvia. “Eles violaram o toque de recolher enquanto tomavam bebidas no lobby do restaurante de um hotel em Belgrado após as 17h.”

    Fonte:Site UOL

  • 04/04/2020
    Ex-jogador Xavi doa um milhão de euros a hospital de Barcelona:

    Madri, 4 Abr 2020 (AFP) – O ex-jogador espanhol Xavi Hernández doou um milhão de euros ao Hospital Clinic de Barcelona para ajudar na luta contra a pandemia do novo coronavírus, anunciou neste sábado (4) pelo Twitter o centro hospitalar.

    “Xavi e a esposa Nuria Cunillera fizeram uma doação de 1 milhão de euros para combater a #COVID19. Muito obrigado pela ajuda e apoio ao projeto #RespostaCoronavirus. Juntos conseguiremos!”, tuitou o hospital.

    “Nuria e eu nos unimos à luta contra o coronavírus do hospital Clinic de Barcelona. Graças às doações, o hospital adquire material para pacientes e médicos”, declarou o ex-jogador do Barcelona e da seleção espanhola de 40 anos, hoje técnico do Al Sadd, do Catar.

    As iniciativas dos atletas vêm se multiplicando na Espanha, onde Lionel Messi, Pep Guardiola, Pau Gasol e Rafael Nadal, entre outros, fizeram doações ou apoiaram campanhas contra a pandemia.

    A Espanha é o segundo país do mundo mais afetado pelo coronavírus, ficando atrás apenas da Itália, com 124.736 casos e 11.744 mortes.

    Fonte: Site UOL

  • 04/04/2020
    Vice-presidente do Barcelona é infectado por coronavírus, diz jornal:

    Jordi Cardoner, primeiro vice-presidente do Barcelona, foi infectado pelo novo coronavírus, segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo.

    O veículo afirmou que o dirigente de 57 anos “se recupera satisfatoriamente da doença após passar os primeiros dias sem complicações”.

    Além dele, o coronavírus já contaminou Ramon Canal, diretor de serviços médicos do time de futebol, e Josep Antoni Gutiérrez, médico que trabalha na área de handebol do Barça.

    O Barcelona ainda não se manifestou sobre a confirmação do caso envolvendo Cardoner.

    Não há também suspeitas de casos em jogadores do clube. O time de futebol foi ordenado a ficar em casa no dia 13 de março.

    Na Espanha, foram contabilizadas 124.736 pessoas infectadas e 11.744 mortes por covid-19.

    Fonte: Site UOL

Deixe seu comentário